Ex-presidente, Andrés Sanchez ameaça tirar Corinthians da Libertadores

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O ex-presidente do Corinthians e atual superintendente do clube, Andrés Sanchez, ameaçou neste sábado (19) tirar a equipe da Libertadores caso as condições do torneio não sejam alteradas pela Conmebol.

O cartola afirmou que o Corinthians quer um aumento nas cotas de televisão e a liberação para expor as marcas dos patrocinadores nas partidas realizadas em casa.

“Ainda vamos discutir se disputaremos a Libertadores. Vamos para o Paraguai na terça-feira e, se não aumentar [a cota], a gente não disputa não. Entendemos que é ridículo receber mais no Paulista, na Copa do Brasil e no Brasileiro do que na Libertadores”, disse em evento realizado no Itaquerão.

“Hoje, a gente não pode nem colocar os nossos patrocínios no estádio quando a Conmebol chega aqui. Essas coisas têm que mudar. Não tem cabimento. Então, se falarem que o caminho é não disputar a Libertadores, o Corinthians não disputa, sem problema algum”, completou.

Essa não é a primeira vez que o ex-presidente ameaça sair da competição continental.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima