Federação define critérios para liberar atletismo russo de suspensão

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A Federação Internacional de Atletismo (IAAF) divulgou nesta sexta-feira (11) uma lista de condições para liberar a participação da Rússia nas competições internacionais da modalidade, incluindo a Olimpíada do Rio, em 2016. A Rússia está suspensa desde novembro devido às denúncias de um dos maiores caso de doping no esporte.

De acordo com o documento divulgado pela IAAF, a Federação Russa de Atletismo (Araf) precisa comprovar que está livre de qualquer ligação com doping, solucionar problemas disciplinares e investigar potenciais casos futuros antes de ser liberada para as competições.

Até a agência antidoping russa (Rusada), que teve as atividades suspensas em decorrência do escândalo, se reestabelecer, a IAAF irá organizar os testes antidoping dos atletas no país.

A Rússia havia sido suspensa pela entidade devido a casos recorrentes e sistemáticos de doping dos atletas do país em competições oficiais, apoiados pelo governo, incluindo alegações de suborno a autoridades para ocultar denúncias e exames antidoping.

A Araf agora se prepara para atender os critérios da entidade internacional a tempo de assegurar as vagas nos Jogos Olímpicos. A primeira visita da IAAF para averiguar o andamento das ações da Rússia está marcada para janeiro de 2016.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima