Francis Ford Coppola critica George Lucas e diz achar ‘Star Wars’ uma pena

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Francis Ford Coppola, 76, criticou George Lucas por ceder à pressão dos estúdios por filmes comerciais em entrevista ao site especializado “Screen Daily”, durante o Festival de Cinema de Marrakech

“Acho ‘Star Wars’ uma pena, porque George Lucas era um cara muito experimental e louco, mas se perdeu nessa grande produção e nunca saiu dela”, refletiu. “Ainda espero que ele tenha feito tanto dinheiro que possa voltar a fazer filmes pequenos. Ele me prometeu que fará isso.”

Coppola citou seu maior filme, “O Poderoso Chefão”, como argumento para a tomada de riscos.

“Acho que é essencial arriscarmos com qualquer arte. Você não pode começar um projeto grande que não tenha qualquer risco. Como você faz um filme como ‘O Poderoso Chefão’? Correndo riscos.”

Vencedor de cinco prêmios Oscar, o diretor se prepara para se despedir do cinema com um projeto ambicioso.

“Eu posso fazer apenas mais um filme na minha vida, mas pode ser bem longo e seguir por diferentes caminhos. É como ‘Os Buddenbrooks’ [romance de Thomas Mann], porque é sobre três gerações de uma família”, disse.

Batizado de “Distant Vision”, o projeto examinará uma família ítalo-americana semelhante à de Coppola, contou o diretor.

“[A trama] acontece durante o nascimento da televisão, passa por seu crescimento e onipresença, finalizando no fim da televisão conforme ela se volta para a internet. Decidi que quero fazê-lo como televisão ao vivo”, declarou. “Será muito diferente de um filme tradicional.”

O diretor explicou a abordagem, afirmando que não existe mais uma fronteira bem delineada entre televisão e cinema.

“Tudo se transformou em uma única coisa. Não há mais filme, não há mais televisão –é tudo cinema. Ele pode estar em todos os lugares e fazer qualquer coisa.”

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima