Grupo levou bronca por 9º lugar no Brasileiro, revela diretor

DANILO LAVIERI

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O Palmeiras não vai ser o destaque do mercado da bola como foi no ano passado. É o que avisa o diretor executivo de futebol, Alexandre Mattos.

O dirigente ainda mostrou felicidade pelo título da Copa do Brasil, mas destacou que deu um puxão de orelha no grupo por ter ficado apenas na nona colocação do Brasileiro e que, por isso, pretende qualificar o elenco.

?Não tem um número para contratar. O que tem é que, diferentemente do ano passado, vamos mexer no grupo pontualmente. Um ou outro vai sair, alguns já até foram anunciados, e outros vão chegar. A contratação tem algumas premissas: pode trazer para jogar, o que tem potencial de evolução dentro do clube e outros que são oportunidades de negócio. Ainda temos a chance até de trazer alguém para incomodar um titular absoluto. Dentro disso o Palmeiras está se movimentando?, explicou durante a premiação da TV Gazeta na noite da última terça-feira (8).

?A gente busca o que tem de melhor, vocês conheceram nosso trabalho. Sabe que é um trabalho agressivo, que vai mostrar um time forte. E o presidente quer sempre buscar a parte de cima nas competições. Mas nunca ficamos satisfeitos. Não engoli o nono lugar no campeonato e já dei um puxão bacana. Ganhamos a Copa do Brasil, mas temos de melhorar?, completou.

Mattos ainda destacou que Fernando Tobio, hoje no Boca Juniors, não pode ser considerado um reforço e que o argentino ficará em seu país até o meio de 2016. Com Rafael Marques, ele diz ter um entendimento avançado, mas ainda sem uma definição com o clube chinês que é dono dos direitos econômicos do atacante.

Ele não quis confirmar o acordo com Roger Carvalho, zagueiro do Botafogo que já tem acordo com o Palmeiras de um ano de empréstimo.

O dirigente comentou também a chance de contratar Rodrigo, volante do Goiás, que também aparece como uma possibilidade de reforço para o São Paulo.

?Não tem essa de ?chapéu?. A ideia é trabalhar para a gente contratar o que tem de melhor. Dentro das premissas que eu já coloquei?, explicou. ?Nós temos uma base e não vamos precisar mexer demais como foi no ano passado. Não era o correto, mas era necessário. Vamos com calma e podemos anunciar algo nos próximos dias?, analisou.

Por fim, Mattos comentou do interesse do Flamengo em profissionais da diretoria e da comissão palmeirense. Ele considera algo natural para um time que conseguiu o título da Copa do Brasil.

?Nossa reformulação não foi só no elenco. Foi estrutural, de pessoas. Isso mostra que o Palmeiras está agregando os melhores profissionais do mercado. Além do título, nosso maior legado é a nova estrutura. A nova ideia de futebol é ter um Palmeiras sustentável?, finalizou.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima