Guardiola queria ter dirigido a seleção na Copa, diz Daniel Alves

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O espanhol Pep Guardiola, atual técnico do Bayern de Munique, queria ter dirigido a seleção brasileira na Copa do Mundo de 2014. A afirmação foi dada pelo lateral Daniel Alves, durante participação no programa Bola da Vez a ser transmitido às 21h30 desta terça-feira (7), no canal ESPN Brasil.
“Eu pago porque sou linguarudo, mas eu não conto mentira. E, antes da Copa, o Pep queria treinar a seleção brasileira, mas não quiseram. O Pep falou que queria fazer a gente campeão do mundo, que tinha toda a estratégia para fazer a gente campeão do mundo. Não quiseram, porque falaram que não sabiam se o Brasil ia aceitar. Se a gente não aceita o melhor do mundo, que pode nos fazer melhores… É o que estava falando de ter os melhores do seu lado, é quando você vai crescer, vai evoluir”, afirmou o jogador.
Com dois títulos da Liga dos Campeões no currículo, ambos pelo Barcelona, Guardiola chegou a ser especulado para dirigir a seleção brasileira após o Mundial. Entretanto, o técnico sempre negou ter recebido qualquer sondagem da CBF. A entidade preferiu contratar Dunga.
“Ele jamais falaria isso, porque o Pep é uma das pessoas mais discretas. Primeiro pelo respeito com os outros treinadores brasileiros, e segundo porque ele é assim, não vai falar nunca. Mas ele utiliza as pessoas que estão à sua volta para tentar fazer a ocasião, para tentar cavar a oportunidade. E o Pep, desde que eu estou na seleção, desde que eu trabalho com Pep, ele já tem na cabeça o time da seleção queria para treinar”, disse Daniel Alves.
“A realidade é a seguinte: o Pep é melhor treinador do mundo. É o melhor gestor esportivo que eu vi no futebol. É o cara que revolucionou o futebol, revolucionou um time, revolucionou uma equipe. E a gente tem a chance de ter o cara aqui, sem ter que gastar se o problema é dinheiro, porque a intenção dele era só receber se tivesse o resultado esperado pelo povo brasileiro. E você deixa passar uma oportunidade dessa… Você não pensa na seleção brasileira”, completou o lateral.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima