Holanda confirma zebra e elimina Rússia na Fed Cup

Finalista da última edição da Fed Cup, a Rússia foi surpreendentemente eliminada logo na primeira rodada. Neste domingo, a Holanda assegurou a sua classificação às semifinais ao abrir 3 a 0 na série com a vitória de Kiki Bertens, apenas a 106ª colocada no ranking da WTA, por 6/1 e 6/4, sobre Svetlana Kuznetsova, a número 17 do mundo.

Kuznetsova entrou em quadra para enfrentar Bertens desgastada pela derrota para Richel Hogenkamp no sábado, numa partida que teve quatro horas de duração, sendo o jogo mais longo da história da Fed Cup. Já Bertens havia superado Ekaterina Makarova no jogo que abriu a série.

Maria Sharapova, a melhor tenista russa, estava programada para jogar somente a partida de duplas por causa de uma lesão. Mas com a série já definida, ela foi substituída por Makarova, que jogou ao lado de Darya Kasatkina e bateu rapidamente as holandesas Cindy Burger e Arantxa Rus por 6/0 e 6/2, assegurando o único ponto da Rússia na série. O segundo jogo de simples deste domingo foi cancelado.

Sharapova se juntou ao time da Rússia na Fed Cup para estar elegível aos Jogos do Rio. E, após a série, Kuznetsova disse acreditar que a Rússia sacrificou a Fed Cup para que as tenistas possam jogar a Olimpíada. “Tudo se resume aos Jogos Olímpicos e essas regras estúpidas”, afirmou.

A Holanda, sem uma jogadora no Top 100 da WTA, era considerada zebra na série contra uma equipe russa cuja jogadora de pior ranking era Kasaktina, de 18 anos, que está em 61º lugar na lista. Nas semifinais, marcadas para 16 e 17 de abril, as holandesas vão encarar a vencedora do confronto entre França e Itália.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima