Justiça libera volta de apresentadores mirins ao ‘Bom Dia & Cia.’

CAROL PRADO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Afastados do matinal “Bom Dia & Cia.” (SBT) por decisão da Justiça, os apresentadores mirins Matheus Ueta e Ana Julia foram liberados a voltar à atração, informou a emissora nesta sexta-feira (24).
De acordo com comunicado divulgado pelo SBT, o juiz auxiliar da Infância e Juventude do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, Flavio Bretas, concedeu alvará para que as crianças apresentem o programa infantil na mesma carga horária cumprida anteriormente.
Em despacho do início deste mês, o juiz pediu a readequação de horário do programa, segundo o TRT. A emissora alegou que a dupla fica no ar ao vivo apenas das 9h às 11h15, e não até as 13h30, horário em que acaba a atração, que tem inserções de desenhos animados.
O processo, referente à renovação da autorização de trabalho de Matheus e Ana Julia, foi encaminhado ao MPT (Ministério Público do Trabalho), que emitiu parecer favorável ao SBT. O novo alvará das crianças tem vencimento em outubro de 2016.
Com o veto temporário aos apresentadores mirins, o “Bom Dia & Cia.” passou a ser comandado por Silvia Abravanel, filha de Silvio Santos e diretora do núcleo infantil da emissora. Por causa dos bons resultados de audiência do período, a direção artística do canal resolveu mantê-la no programa, ao lado da dupla que volta na segunda-feira (27).
CRIANÇA NO TEATRO
Bretas é também o juiz responsável pela decisão que, no início deste mês, impediu a participação do ator Matheus Braga, 13, na estreia do espetáculo “Memórias de um Gigolô”, de Miguel Falabella.
A produção vem buscando reverter a sentença em segunda instância.
O argumento para a proibição da participação do ator mirim da estreia da montagem, que aconteceu no dia 10, foi a presença de suposta linguagem inadequada, que poderia prejudicar o desenvolvimento psíquico do jovem ator.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima