Geral

Magistrado paranaense toma posse como conselheiro do CNJ

Em sessão dessa terça-feira (5) no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília, o desembargador Luiz Fernando Tomasi Keppen, do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), tomou posse no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em vaga indicada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Natural de Palmas, Keppen é o primeiro magistrado oriundo do TJ-PR a ocupar a vaga de conselheiro no CNJ. A solenidade foi prestigiada pelo presidente da OAB Paraná, Cássio Telles; pelo secretário-geral da seccional, Rodrigo Sánchez Rios; pelos conselheiros federais Flávio Pansieri e Edgar Guimarães e pelo advogado Eduardo Tobera, presidente da OAB Palmas.

O CNJ tem uma relevante missão na melhoria da atividade jurisdicional. Foi um conselho pelo qual a OAB muito lutou. Entendemos que seu objetivo como órgão externo de controle do Judiciário precisa ser realçado. O Paraná passa a ter dois conselheiros, uma conquista que será compartilhada com o país, porquanto as boas práticas paranaenses serão certamente trazidas para cá. O desembargador Keppen desempenhará suas funções com destaque. Temos certeza disso porque sempre demonstrou sensibilidade, abertura ao diálogo, e respeito à advocacia e ao cidadão, afirma Telles.

Para Tobera, a posse do desembargador Keppen demonstra mais uma vez o prestígio e a força da justiça paranaense no cenário nacional. Hoje nossos grandes juristas são reconhecidos em todo o país pelos trabalhos de excelência que têm realizado. Observamos que aproximação institucional da OAB Paraná com o CNJ e com o TJ-PR traz frutos para toda a advocacia, completa.

Clique para comentar
Para cima