Mayra Aguiar perde ouro mais uma vez para maior rival

ITALO NOGUEIRA, ENVIADO ESPECIAL
MISSISSAUGA, CANADÁ (FOLHAPRESS) – A rivalidade entre a brasileira Mayra Aguiar e a norte-americana Kayla Harrison é grande e disputada. Mas, em Jogos Pan Americanos, o destino se repetiu nesta terça-feira (14).
Assim como em Guadalajara-11, Kayla venceu a brasileira e conquistou o ouro. A brasileira ficou com a prata no Pan.
Numa luta movimentada, a norte-americana venceu graças a uma chave de braço aplicada contra Mayra. “Lutar contra ela é sempre mental. É uma excelente lutadora”, disse Kayla logo após a vitória.
Com a derrota para norte-americana, Mayra e Kayla se igualam nos confrontos diretos. Cada uma tem sete vitórias sobre a adversária.
As duas têm a maior rivalidade do judô feminino mundial. Dos 14 confrontos, oito ocorreram em finais e outras três em semifinais -em duas delas, a vencedora do confronto foi a campeã.
No ano passado, as duas se enfrentaram na semifinal do Mundial, na Rússia. A brasileira venceu e chegou ao primeiro lugar. Já na Olimpíada de Londres-12, aconteceu o inverso. A norte-americana venceu Mayra na semifinal e conquistou o ouro olímpico.
Os confrontos decisivos entre as duas vêm desde as categorias de base, quando dividiam os principais títulos do judô feminino.
O técnico da equipe brasileira de judô, Ney Wilson, afirma que até em treino as duas não querem perder. Num treinamento internacional promovido este ano, ele disse que a rivalidade entre as duas chega a prejudicar o treinamento das duas.
“As duas não conseguem, nem uma nem outra. No treino é competição. Ninguém quer cair para ninguém. Não consigo fazer com que a Mayra experimente algumas coisas [em treinos contra Kayla]. Mayra é extremamente competitiva. Pego outras atletas para treinar com a Kayla da forma como eu queria ver a Mayra fazer”, disse Wilson.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima