Meia argentino Barrientos reforça o Furacão

Mais um jovem talento do futebol sul-americano chega ao CAT Alfredo Gottardi. O meio-campo argentino Fernando Barrientos, 24 anos, é o novo reforço do Atlético Paranaense. O jogador, de características ofensivas, contribuirá com o setor de criação do time rubro-negro. Traz para o Brasil, além da experiência de mais de 60 jogos na Primeira Divisão da Argentina, as participações na Libertadores e o título da Copa Sul-Americana de 2013, conquistado com o Lanús.

Estou muito feliz por ter vindo, afirmou Barrientos. Quando eu ainda estava na Argentina e me disseram que havia a possibilidade de vir para cá, falei para que fizessem todo o possível para que isso acontecesse. Sei que o Atlético Paranaense é uma equipe grande. Falaram-me muito bem do clube, que era muito bem organizado. E vi que é exatamente como me haviam falado. É muito bonito. Quando cheguei aqui, pensei até que estivesse na Europa, disse o jogador, que inclusive já atuou no Velho Continente. Foi em 2012, pelo Villarreal, da Espanha.

O desafio de atuar no futebol brasileiro foi outro atrativo a fazer Barrientos voltar a sair da terra natal. Quando soube do interesse na sua contratação, começou a acompanhar o time atleticano no Campeonato Nacional. Temos um bom plantel aqui, que aliás me recebeu muito bem, afirmou. Com a equipe que temos, tudo será possível, complementou, ao ser perguntado sobre a possibilidade de voltar a levantar o troféu da Sul-Americana, torneio que os rubro-negros disputam neste segundo semestre.

Cada vez que eu puser essa camisa, vou dar o melhor de mim, garante Barrientos, ainda com o uniforme de jogo, utilizado durante a sessão de fotos e vídeo na primeira entrevista que concedeu já como atleta do Furacão. Sou um jogador mais ofensivo do que defensivo. Gosto muito de ir para o ataque e jogar rápido, com um ou dois toques na bola. E quando tenho a possibilidade, gosto também de chutar a gol, apontou ele sobre as características que o torcedor deve ver nele em campo. Agora, é tratar de fazer o melhor para rapidamente estar à disposição da comissão técnica e poder ajudar a equipe, completou.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima