Mulheres comprovam evolução e diminuem diferença para homens

ITALO NOGUEIRA, MARCEL MERGUIZO E PAULO ROBERTO CONDE, ENVIADOS ESPECIAIS
TORONTO, CANADÁ (FOLHAPRESS) – A tendência de evolução das mulheres em relação aos pódios conquistados no Pan de Toronto se confirmou ao fim dos Jogos.
O Brasil terminou a competição com 141 medalhas (41 ouros, 40 pratas e 60 bronzes). Destes, 63 no total e 13 douradas foram das mulheres. Ou seja, 45% das conquistas em Toronto foram femininas (excluídos os três bronzes em provas mistas).
Comparando com Guadalajara, houve uma melhora na quantidade e diminuição das douradas. Há quatro anos, elas ganharam 55 medalhas, ou 39% do total (sendo 15 ouros).
De 139 conquistas divididas entre os sexos em Guadalajara -duas competições eram mistas-, 84 (60%) vieram com os homens.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima