Na França, Raúl Castro janta com Hollande em busca de apoio econômico

O presidente de Cuba, Raúl Castro, começou hoje a estreitar seus laços com a França, na primeira visita de um líder cubano ao país desde 1995, em um esforço para melhorar a posição internacional de seu país após os laços com os EUA terem sido restabelecidos em julho do ano passado. Hoje à noite, o presidente da França, François Hollande, receberá Castro em um jantar para discutir sobre um apoio econômico ao país caribenho.

Esta também é a primeira visita de Raúl Castro, de 83 anos, para um país europeu desde que ele chegou ao poder, em 1996. Para a França, esta é uma oportunidade de colher benefício econômico após a visita oficial de Hollande em Havana em maio, a primeira de um líder francês em meio século.

A França vê forte potencial para algumas das suas maiores empresas em Cuba. A Pernod Ricard é o maior investidor em Cuba através de sua marca própria de rum Havana Club.

A França quer reverter um declínio nas exportações para Cuba, que totalizaram nos primeiros 11 meses de 2015 apenas 131 milhões de euros (US$ 142,9 milhões), abaixo dos 157 milhões de euros em 2014.

Antes do jantar de Estado, Hollande irá assinar uma série de acordos bilaterais de financiamento de projetos para as empresas francesas em Cuba. Castro e Hollande também vão assinar um roteiro para a agência de desenvolvimento da França começar a investir em infraestrutura cubana.

Sua visita de Estado vai continuar na terça-feira com encontros com o primeiro-ministro francês, Manuel Valls, e líderes parlamentares. Fonte: Dow Jones Newswires.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima