Novas locomotivas e vagões dobram capacidade operacional

O governador Beto Richa esteve nessa sexta-feira (11) em Cascavel, no Oeste do Paraná, para a entrega de cinco novas locomotivas e mais 400 vagões graneleiros da Ferroeste. As novas máquinas foram compradas neste ano, com investimento de R$ 4 milhões, e vão agilizar o escoamento de produtos da região. Até 2010, a Ferroeste tinha quatro locomotivas. Desde 2011, o governo comprou sete novas máquinas e recuperou outras quatro. Com isso, a Ferroeste terá no ano que vem, 15 locomotivas em operação. Quanto aos vagões, antes eram 60 emprestados ou alugados e agora serão 400 de frota própria. Com esse reforço, a partir do ano que vem, teremos dobrado a capacidade operacional da Ferroeste. Mais um importante avanço para conseguirmos um desenvolvimento mais vigoroso para o Paraná, enfatizou o governador.

Beto Richa entrega em Cascavel, oeste do Paraná, cinco novas locomotivas e 400 vagões

Em cinco anos de gestão, o governo Beto Richa já investiu mais de R$ 8 milhões na compra de equipamento para modernizar a Ferroeste. Nos anos de 2007 a 2010, os investimentos na Ferroeste foram de R$ 490 mil.

A previsão é que em 2016 a empresa transporte 1,5 milhão de toneladas de produtos. Segundo o presidente Ferroeste, João Bresolin, é o dobro do movimentado em 2015. Um grande investimento que a região Oeste esperava muito. Teremos melhores condições de escoar a nossa produção para o Porto de Paranaguá barateando o frete, disse.

Em cinco anos de gestão do governador Beto Richa modernizamos o maquinário para aumentar o faturamento e garantir melhores custos de transporte às cooperativas, afirmou. De acordo com Bresolin, com o transporte ferroviário, os produtores economizam até R$ 1,5 mil com frete.

O prefeito de Cascavel, Edgar Bueno, lembrou que o Oeste do Paraná é uma região de intensa produção agrícola. O reforço na Ferroeste significa mais eficiência e agilidade no escoamento da riqueza produzida na região. Significa crescimento sólido, afirmou ele.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima