O lado negro da força chega a Francisco Beltrão em lançamento mundial

A sétima produção da série “Star Wars” mobiliza fãs no mundo inteiro. E nesta quinta-feira, os cinéfilos do Sudoeste podem tentar garantir um espaço nas sessões previstas para as 19h e 21h30

Cinéfilos de toda a região Sudoeste estão com o coração na mão nesta quinta-feira, dia 17. Afinal, após uma longa espera, finalmente Star Wars: Episódio VII – O despertar da força [primeiro filme da saga em dez anos] chega à telona dos cinemas mundiais. E felizmente será possível acompanhar o lançamento nas sessões do Cine Max, em Francisco Beltrão.

A pré-estreia mundial foi nesta segunda, dia 14, em Los Angeles, EUA. O evento teve cara de Oscar, com direito a tapete vermelho e muita badalação. Nesta quinta, a pré-estreia nacional do filme, sétima produção da série, deve lotar as salas de cinema em todo o país. Para os amantes da saga na região, é bom se programar para não perder a estreia.

Divulgação

Segundo informações do site do Cine Max, as sessões desta quinta (17) serão às 19h (dublado) e às 21h30 (legendado). Ambas em transmissão 3D, no valor de R$ 22 a inteira e R$ 11, a meia-entrada [tem direito os estudantes que apresentarem a carteirinha com foto, menor de idade ou acima de 60 anos, professores, funcionários públicos, funcionários da Sadia, doadores de sangue ativos nos últimos três meses].

O filme será exibido até dia 23, nestes mesmos horários. No sábado, dia 19, e domingo, 20, além da abertura da sala às 19h e 21h30, haverá sessão extra às 16h30 (dublado). Os ingressos estão à venda no cinema.

Quem já garantiu o seu é o beltronense Valdecir Vargas. Estou ansioso igual criança, brinca. Para ele, é o momento de ver o que aconteceu com Luke Skywalker, afinal, o personagem não aparece no trailer e deixa os apaixonados pela saga com a pulga atrás da orelha. Será que ele é um prisioneiro, ou se voltou para o lado negro da força?. Há exatos 30 anos após o Retorno de Jedi, Valdecir quer saber também por onde andaram Han Solo e Chewie, sim, rever o robô mais querido do cinema durante décadas, o R2-D2. É o meu queridinho.

A saga

Desde que Star Wars foi lançado em 1977, com o capítulo IV: Uma nova esperança, seguido em 1980 pelo V: O império contra-ataca, a franquia que conta com uma série de seis filmes de fantasia científica e um spin-off, virou febre mundial. O filme, que explora a luta do bem contra o mal, imortalizou personagens como Darth Vader, Yoda, princesa Leia, Luke Skywalker, Chewbacca, entre outros.

A expectativa pelo novo filme se dá justamente porque os aficionados querem saber o que aconteceu com os antigos personagens, e como serão os novos. O longa irá tratar da luta da Resistência (antiga Aliança Rebelde) contra a Primeira Ordem (antigo Império Galáctico) e será protagonizado por Daisy Ridley, John Boyega e Oscar Isaac, que interpretam, respectivamente, Rey, Finn e Poe. A direção do filme é de J.J. Abrams, que escreveu o roteiro com Lawrence Kasdan, roteirista de O Império contra-ataca (1980) e O Retorno de Jedi.

Quem é fã sabe, mas é importante lembrar que em 1970, George Lucas era um desconhecido no cinema. Star Wars no início foi criado para ser um roteiro de seis horas de duração. O trabalho foi rejeitado, e então ele decidiu dividir a peça em seis episódios. Quando foi lançado em 25 de maio de 77, Star Wars teve a maior bilheteria do ano: 775,3 milhões de dólares. Depois do sucesso, George Lucas não parou de produzir a saga e virou um dos mais respeitados empreendedores de Hollywood. Atualmente, a saga já rendeu mais de 20 bilhões de dólares.

Curiosidades da saga Star Wars

Começou do meio

Guerra nas Estrelas foi o primeiro filme da saga Star Wars a ser lançado nos cinemas. Apesar disto, na verdade sua história equivale ao quarto capítulo da saga. O motivo que fez George Lucas começar a contar a história por este capítulo, e não pelo primeiro, foi que a tecnologia da época tornava mais fácil levar às telas este capítulo. Apenas 22 anos depois, George Lucas resolveria lançar o primeiro capítulo, com o nome de Star Wars – Episódio 1: A Ameaça-Fantasma.

Ideias iniciais

O primeiro roteiro de Guerra nas Estrelas trazia Luke Skywalker como uma garota que iria resgatar seu irmão. A idéia foi abandonada logo depois, mas outra mais estranha ainda foi cogitada: Luke seria um anão errante que exploraria um mundo repleto de gigantes. A versão definitiva do roteiro apenas ficou pronta em 1976, um ano antes do lançamento do filme.

Inspiração

A composição do personagem Luke Skywalker, bem como os sabres de luz, fori inspirada em antigos contos de samurais.

Franquia

Guerra nas Estrelas é o 4º episódio da saga Star Wars idealizada por George Lucas. Os demais são Star Wars: Episódio 1 – A Ameaça Fantasma (1999), Star Wars: Episódio 2 – Ataque dos Clones (2002), Star Wars: Episódio 3 – A Vingança dos Sith (2005), O Império Contra-ataca (1980) e O Retorno de Jedi (1983).

4 de maio

O filme estreou no dia 25 de maio, mas curiosamente foi o dia 4 do mesmo mês que ficou conhecido como o Dia de Star Wars. Tudo por causa do trocadilho May the 4th be with you.

Prêmios

No Oscar, ganhou Melhor Direção de Arte, Melhor Figurino, Melhor Trilha Sonora, Melhor Som, Melhores Efeitos Especiais, Melhor Edição e Melhores Efeitos Sonoros

Indicações

Melhor Filme, Melhor Diretor – George Lucas, Melhor Ator Coadjuvante – Alec Guinness e Melhor Roteiro Original.

No Globo de Ouro ganhou Melhor Trilha Sonora

Indicações

Melhor Filme – Drama, Melhor Diretor – George Lucas, Melhor Ator Coadjuvante – Alec Guinness

No Grammy ganhou Melhor Trilha Sonora – Cinema (Fonte Adoro Cinema)

Não fique por fora

A história de Star Wars se passa em uma galáxia fictícia, habitada por várias criaturas orgânicas e dróides robóticos. O governo está nas mãos da República Galáctica, que depois se torna Império Galáctico. Neste cenário, existe a Força, uma energia onipresente. Quem consegue controlá-la, obtém poderes sobrenaturais como telecinese, premonição e controle mental. Os Jedi usam a Força para o bem, enquanto os Sith usam a força para o mal. A história, em ordem cronológica conta a trajetória da transformação do jovem Anakin em Darth Vader; depois há a trajetória de Luke Skywalker contra o Império Galáctico. (Fonte Revista Superinteressante)

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima