Ocupação Grupo Corpo traz imagens pessoais dos 40 anos da companhia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – As clássicas fotografias tiradas por José Luiz Pederneiras do Grupo Corpo foram resumidas a uma parede. A mostra sobre a companhia de dança que abre neste sábado (10), no Itaú Cultural, traz na maior parte de seu espaço expositivo imagens pessoais recolhidas com as pessoas que já passaram pelo grupo nas últimas quatro décadas.

Nos 130m² da Ocupação Grupo Corpo – 40 anos, que encerra a série de ocupações no Itaú Cultural em 2015, é possível ver retratos amadores dos bailarinos em mesas de bares, visitando pontos turísticos históricos, ao lado de lutadores de sumô e tirando as roupas em meio a neve.

“O que importa aqui é o entorno, que não é oficial”, explica Paulo Pederneiras, diretor-geral da companhia.

O levantamento levou cerca de cinco meses para ser feito, conta ele, que entrou em contato com velhos amigos e colegas para obter as imagens. As cerca de mil fotos expostas foram selecionadas de um universo de mais de 20 mil cedidas.

No centro da Ocupação, em seis pequenas divisórias, há vídeos oficiais das apresentações mais memoráveis do Corpo.

“Fizemos uma disposição que ficasse entre o registro oficial e a intimidade, organizando esses dois mundos”, diz Pederneiras.

O espaço ainda tem duas salas separadas. A primeira, na entrada, traz em suas paredes o nome de todas as cidades nas quais a companhia de dança já se apresentou, postas lado a lado em ordem alfabética – o que proporciona a aproximação de Teresina e Tóquio. A segunda, ao término da visita, apresenta um vídeo projetado em proporções humanas de uma dançarina ensinando alguns dos passos usados em coreografias do grupo.

A ocupação também dá início a uma programação paralela comemorativa. Também no sábado, acontece no espaço, às 20h, um debate com José Miguel Wisnik, que compôs quatro trilhas originais para a companhia.

No domingo (6), às 16h, acontece a mesa “Percursos para a dança em grupo – Vozes dissonantes”, com a diretora do Núcleo Artérias Adriana Grechi, o coreógrafo, diretor artístico e bailarino do Alejandro Ahmed, a jornalista Claudia Ribeiro, o diretor da Qualquer um dos 2 Companhia de Dança, Jailson Lima, e o próprio Paulo Pederneiras.

Do dia 17 a 20 de dezembro, o Auditório Ibirapuera recebe o Corpo para uma curta temporada, em que serão apresentados os espetáculos “Onqotô”, de 2005, e “Parabelo”, de 1997. 

OCUPAÇÃO GRUPO CORPO

Quando: de ter. a sex., das 9h às 20h; sáb., dom. e feriados, das 11h às 20h, até 17/1

Onde: Itaú Cultural, av. Paulista, 149, tel. (11) 2168-1776

Quanto: grátis

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima