Organização adia etapa do Mundial de surfe e prevê boas ondas só para terça

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A organização da última etapa do Mundial de surfe, que acontece na praia de Pipeline, no Havaí, adiou o recomeço da competição neste sábado (12) por causa das más condições do mar.

As ondas não vão passar de dois metros neste sábado.

O torneio não deve ser realizado nem no domingo (13) e nem na segunda-feira (14).

A previsão indica que uma boa ondulação chegará apenas na terça (15).

Cinco surfistas ainda estão na briga pelo título mundial: os brasileiros Filipe Toledo, Adriano de Souza e Gabriel Medina e os australianos Mick Fanning e Julian Wilson.

Quando a competição recomeçar, Medina enfrentará o sul-africano Jordy Smith, pela terceira fase, enquanto Filipinho terá pela frente o havaiano Mason Ho. Já Mineirinho vai encarar o irlandês Glenn Hall.

Fanning, por sua vez, pega o havaiano Jamie O’Brien. Wilson surfa contra o compatriota Adam Meling.

Na sexta (11), Filipinho, Mineirinho e Wilson passaram pela repescagem.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima