Organizada do Vasco se reúne com jogadores e faz cobranças

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – Após realizar um tumultuado protesto no desembarque da equipe no domingo (12), uma organizada do Vasco voltou a se manifestar contra a má fase do time, desta vez dentro do clube e com direito a reunião com jogadores e dirigentes.
O encontro aconteceu na tarde desta segunda-feira (13) e se deu em tom pacífico. Cerca de 50 torcedores foram recepcionados dentro do ginásio de São Januário pelo vice de futebol, José Luiz Moreira, o vice-geral, Fernando Horta, o 2º vice-geral, Silvio Godói, e em, seguida conversaram com o volante Guiñazu, o zagueiro Rodrigo e o meia Andrezinho.
Os cruzmaltinos ouviram promessas de melhora no Campeonato Brasileiro por parte dos atletas e garantias de que o time não irá ser rebaixado. Presidente do clube, Eurico Miranda não participou do encontro porque viajou para Brasília.
No protesto ocorrido no aeroporto, o elenco quase foi agredido e a Polícia Militar teve que conter a confusão. Os jogadores foram xingados e a diretoria foi cobrada pelo insucesso na negociação com Ronaldinho Gaúcho, que chegou a ser considerado “90% fechado” por Eurico.
Com apenas nove pontos, o Vasco ocupa a penúltima colocação na competição e enfrenta neste domingo (19) o rival Fluminense. Por ironia do destino, o time tricolor irá apresentar Ronaldinho a seus torcedores no Maracanã.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima