Paranaguá aumenta escoamento de grãos

O Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá registrou um total de 2,07 milhões de toneladas exportadas nos meses de outubro e novembro, um volume 9,9% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. O resultado foi alcançado apesar do clima: dos 60 dias de outubro e novembro, 30 dias apresentaram chuva, o que representa três vezes mais do que o ano passado.

O secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, lembrou que o Governo investe pesado na modernização do Porto de Paranaguá para aumentar a produtividade. Já aplicamos R$ 511 milhões em novos equipamentos e novas modelagens logísticas para carregar mais rápido nos períodos sem chuva. Não podemos controlar a chuva, mas estamos trabalhando mais e melhor nos dias sem chuva.

A chuva ou garoa impossibilita o embarque de grãos pelo Porto de Paranaguá. Como a operação deste tipo de mercadoria é feita a céu aberto, a qualquer indício de precipitação, o escoamento tem que ser interrompido. O volume de embarque feito no período mostra que a nossa produtividade aumentou consideravelmente, afirmou o diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Luiz Henrique Dividino.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima