Política do esporte do PR terá participação de entidades

Entidades esportivas e instituições que possam contribuir com o setor vão auxiliar a Secretaria do Esporte e do Turismo na elaboração da nova Política Estadual do Esporte para os próximos anos. O convite foi feito durante reunião técnica pelo secretário Douglas Fabrício, que apresentou aos representantes o Programa Paraná Mais Esporte.

Criado no ano passado, o programa entra agora em sua fase decisiva: depois de uma série de reuniões regionais que envolveram 372 municípios para diagnosticar as realidades locais, a Secretaria está formando um grupo de trabalho de 80 participantes para elaborar e homologar a nova linha de ação para os próximos anos. Hoje sabemos qual é a realidade dos municípios e agora contamos com a parceria de especialistas para um novo planejamento estratégico para o setor, ressaltou Douglas Fabrício.

Para o presidente do Instituto Paranaense de Ciências do Esporte (IPCE), órgão vinculado à Secretaria, Diego Gurgacz, ouvir a opinião dessas entidades é muito importante no sentido de consolidar essas propostas.

Divulgação
O convite foi realizado pelo secretário Douglas Fabrício

Durante as reuniões do Paraná Mais Esporte, 359 municípios, após consultar as comunidades locais, responderam questionários cujas respostas foram sistematizadas e agora serão apresentadas às entidades convidadas. Os dados apontam, por exemplo, que os municípios destinam poucos recursos ao esporte. Nós queremos mostrar que esse setor também é importante e contribui com áreas como a saúde, a segurança e a educação, afirmou o secretário.

No lançamento do programa no ano passado, o governador Beto Richa destacou a participação dos municípios e garantiu novos investimentos para o setor. Vamos dotar o Paraná de mais infraestrutura para as atividades esportivas, além de promover programas que atraiam os jovens para a prática de esportes, afirmou. O esporte é importante para a formação física e mental das pessoas, principalmente dos jovens. Ele educa, socializa, disciplina e afasta as crianças e jovens das mazelas da sociedade, como o álcool, as drogas e a violência, ressaltou o governador.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima