Porta-bandeira para os Jogos do Rio pode ser escolhido pelo povo, diz COB

PAULO ROBERTO CONDE, ENVIADO ESPECIAL
TORONTO, CANADÁ (FOLHAPRESS) – O COB (Comitê Olímpico do Brasil) estuda adotar um critério de escolha popular para definir o porta-bandeira da delegação nacional nos Jogos Olímpicos do Rio.
Diferentemente de edições anteriores do megaevento, quando a decisão cabia unicamente à entidade, a ideia é abrir a eleição ao público.
Segundo Marcus Vinícius Freire, superintendente executivo do COB, um colegiado da entidade deve filtrar alguns nomes inicialmente. Depois, aí sim, abrir para voto popular.
“Discutimos muito esse assunto. Possivelmente ocorrerá, porque queremos dividir um pouquinho mais essa decisão”, disse, em entrevista na Vila Pan-Americana de Toronto.
“Queremos separar um grupo de possíveis porta-bandeiras e submeter a votação pública. Existe a possibilidade”, complementou.
Caso a opção seja confirmada, ainda será discutida qual será a plataforma de participação pública.
Para definir os atletas, o COB vai respeitar alguns critérios: ele precisa participar dos Jogos e ter representatividade no contexto olímpico nacional.
Nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, o porta-bandeira brasileiro será o nadador Thiago Pereira.

PORTA-BANDEIRAS BRASILEIROS NOS ÚLTIMOS JOGOS OLÍMPICOS
LONDRES-2012
Rodrigo Pessoa

PEQUIM-2008
Robert Scheidt

ATENAS-2004
Torben Grael

SYDNEY-2000
Sandra Pires

ATLANTA-1996
Joaquim Cruz

BARCELONA-1992
Aurélio Miguel

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima