Prêmio Jabuti de ficção vai para freira santista Maria Valéria Rezende

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – A escritora e freira santista Maria Valéria Rezende ganhou, na noite desta quinta-feira (4), o Prêmio Jabuti de livro do ano de ficção, pelo romance “Quarentas Dias” (Alfaguara), inspirado na sua experiência nas ruas de Porto Alegre.

Em não-ficção, o ganhador foi “A Casa da Vovó – Uma Biografia do Doi-Codi” (Alameda Editorial), de Marcelo Godoy. A história do órgão de repressão da ditadura é fruto de dez anos de pesquisa do autor, com entrevistas com 25 ex-agentes do Doi-Codi.

Cada um dos vencedores recebe R$ 35 mil.

Vencedores do Jabuti

O anúncio dos livros do ano ocorre 15 dias depois de a Câmara Brasileira do Livro (CBL) revelar os vencedores as 27 categorias que compõem a premiação. Cada vencedor recebeu o valor de R$ 3.500.

Veja a lista dos vencedores em algumas categorias:

ROMANCE

Vencedor: “Quarenta Dias”, Maria Valéria Rezende (Objetiva)

2º lugar: “Caderno de um Corpo Ausente”, João Anzanello Carrascoza (Cosac Naify)

3º lugar: “Os Piores Dias de Minha Vida Foram Todos”, Evandro Affonso Ferreira (Record)

CONTOS E CRÔNICAS

Vencedor: “Sem Vista para o Mar – Contos de Fuga”, Carol Rodrigues (Edith)

2º lugar: “Dez Centímetros Acima do Chão”, Flavio Cafiero (Cosac Naify)

3º lugar: “Olhos D’água”, Conceição Evaristo (Pallas Editora)

POESIA

Vencedor: “Corpo de Festim”, Alexandre Guarnieri (Confraria do Vento)

2º lugar: “Clio”, Marco Lucchesi (Globo Livros)

3º lugar: “A Comedia de Alissia Bloom”, Manoel Herzog (Patuá)

REPORTAGEM E DOCUMENTÁRIO

Vencedor: “A Casa da Vovó – Uma Biografia do Doi-Codi (1969-1991), o Centro de Sequestro, Tortura e Morte da Ditadura Militar”, Marcelo Godoy (Alameda Casa Editorial)

2º lugar: “1964 Na Visão do Ministro do Trabalho de João Goulart”, Almino Affonso (Imprensa Oficial do Estado e Fundap)

3º lugar: “Brado Retumbante”, Paulo Markun (Benvirá)

BIOGRAFIA

Vencedor: “Luís Carlos Prestes – Um Revolucionário entre Dois Mundos”, Daniel Aarão Reis (Companhia das Letras)

2º lugar: “Nise da Silveira: Caminhos de Uma Psiquiatra Rebelde”, Luiz Carlos Mello (Automática Edições – Hólos)

3º lugar: “Francisco Julião – Uma Biografia”, Cláudio Aguiar (José Olympio)

INFANTIL

Vencedor: “A História Verdadeira do Sapo Luiz”, Luiz Ruffato (DSOP)

2º lugar: “A Roupa Nova do Arco-da-velha”, Flávia Savary (Cidade Nova)

3º lugar: “A Raiva”, Blandina Franco (Zahar)

INFANTIL DIGITAL

Vencedor: “Meu Aplicativo de Folclore”, Ricardo Azevedo (Ática)

2º lugar: “Via Láctea de Olavo Bilac”, Samira Almeida e Fernando Tangi (Storymax)

3º lugar: “Flicts”, Ziraldo (Melhoramentos/Engenhoca)

JUVENIL

Vencedor: “A Linha Negra”, Mario Teixeira (Scipione)

2º lugar;* “Os Olhos Cegos dos Cavalos Loucos”, Ignácio de Loyola Brandão (Moderna)

3º lugar: “Memórias Quase Póstumas de Machado de Assis”, Álvaro Cardoso Gomes (FTD)

TRADUÇÃO

Vencedor: “Spinoza Obra Completa – Vols. 1 a 4”, J. Guinsburg, Newton Cunha e Roberto Romano (Perspectiva)

2º lugar: “Vida e Destino”, Irineu Franco Perpetuo (Objetiva) / “As Aventuras do Bom Soldado Svejk”, Luís Carlos Cabral (Objetiva)

3º lugar: “O Mundo como Vontade e Representação, tomo II: Complementos Livros III- IV, Volume 2”, Eduardo Ribeiro da Fonseca (UFPR)

ADAPTAÇÃO

Vencedor: “Kaputt”, Guazzelli (WMF Martins Fontes)

2º lugar: “Grande Sertão: Veredas – Graphic Novel”, Guazzelli e Rodrigo Rosa (Biblioteca Azul/Globo)

3º lugar: “O Guarani em Cordel”, Klévisson Viana (Amarylis)

DIDÁTICO E PARADIDÁTICO

Vencedor: “Arte é Infância”, Vivian Caroline Lopes (Ciranda Cultural)

2º lugar: “Almanaque da Banda Gigante”, Lu Lopes (SESI-SP)

3º lugar: “Por Toda Parte – Volume Único”, Solange Santos Utuari Ferrari, Daniela Leonardi Libâneo, Fábio Sardo e Pascoal Fernando Ferrari (FTD Educação)

ILUSTRAÇÃO

Vencedor: “Claudius”, Claudius Ceccon (SESI-SP)

2º lugar: “Lobisomem sem Barba, de Wagner Willian (Balão Editorial)

3º Labirinto, de Alex Cerveny (Neotropica)

TEORIA/CRÍTICA LITERÁRIA, DICIONÁRIOS E GRAMÁTICAS

Vencedor: “Do Mito das Musas à Razão das Letras: Textos Seminais para os Estudos Literários (século VIII A.C. – Século XVIII)”, Roberto Acízelo de Souza (Argos Editora da Unochapecó)

2º lugar: “História da Literatura Universal”, Ana Maria Junqueira Fabrino (Editora Intersaberes)

3º lugar: “Gramática da Língua Portuguesa Padrão com Comentários e Exemplários”, Amini Boainain Hauy (Edusp)

CAPA

Vencedor: “Freud e a Narrativa Paranoica: Schreber Revisitado”, Carolina Aires Sucheuski (Edusp)

2º lugar: “Raízes Errantes”, Warrakloureiro (Edições Sesc São Paulo)

3º lugar: “Claudius”, Christiano Calvet & Cecilia Costa (SESI-SP)

A lista completa está disponível no site premiojabuti.com.br.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima