Presidente do River pede desculpas a Messi e promete expulsar torcedor

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O presidente do River Plate, Rodolfo D’Onofrio, prometeu expulsar o torcedor que cuspiu em Lionel Messi caso ele seja sócio do clube.

O incidente aconteceu no último domingo (20), no aeroporto de Narita, no Japão, quando a delegação do Barcelona se preparava para embarcar para a Espanha após a vitória sobre o River Plate por 3 a 0, na decisão do Mundial de Clubes. Messi recebeu uma cusparada e partiu para cima dos torcedores, mas foi contido por Luis Enrique e Mascherano.

“Messi é o melhor jogador do mundo e merece carinho pela pessoa que é. Quando chegarmos em Buenos Aires, espero saber quem é o agressor. Se for sócio, vamos expulsá-lo imediatamente. Um ato desse não pode manchar 20 mil torcedores que foram ao Japão”, disse o dirigente em entrevista o jornal “El País”.

Rodolfo D’Onofrio prometeu conversar pessoalmente com Messi para pedir desculpas. “Quando eu descobri, Messi já estava no voo. Quando vier para Buenos Aires, vou chamá-lo”, completou.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima