Programa de asfalto deve contemplar mais duas comunidades rurais

Marcilei Rossi

Pavimentadas com pedras irregulares na primeira metade da década de 1990, as estradas municipais pioneiros Narciso Bernardi — na comunidade do Passo da Ilha — e Azelino Dalla Costa — na comunidade de São João Batista – devem ser as duas próximas etapas do programa Asfalto no Campo, segundo anúncio feito no gabinete do Executivo na manhã dessa segunda-feira (14).

Em comum, as duas comunidades servem de ligação com a também área rural de Clevelândia e ainda em 2015 participaram do processo de sorteio feito pelo Executivo para o programa. Na oportunidade a comunidade de Nossa Senhora do Carmo foi contemplada.

De acordo com o anúncio feito pelo prefeito Augustinho Zucchi, a intenção é de que as duas estradas sejam asfaltadas até o fim do ano. Chamamos as comunidades para explicar como está o programa, disse ele, falando em dificuldades nos dois trechos.

Sabemos das dificuldades, que são muito grandes nesses dois trechos. Porém, como conseguimos incluir o São João Batista no Ministério do Turismo, uma vez que existe esse apelo, vamos além da contrapartida desse trecho, executar a obra do Passo da Ilha, afirmou o prefeito.

Nas duas estradas, de acordo com os projetos, serão respeitados o traçado atual, com pista de rolamento de seis metros de largura e três metros em cada lateral de área de escape.

Passo da Ilha

Marcilei Rossi

No asfalto do Passo da Ilha, que segundo o projeto da Secretaria de Engenharia, Obras e Serviço tem extensão de 6,3 quilômetros, devem ser investidos R$ 2.471.314,99 — 706.223,70 para a base e 1.765.091,29  para  a  pavimentação.

Com relação ao asfalto de São João Batista, Zucchi anunciou que a previsão é de realização da obra com recursos federais e contrapartida do município.

Conforme a da Secretaria de Engenharia, Obras e Serviço a pavimentação deve se iniciar na Casa de Formação no bairro Parque do Som e se estender até a sede da comunidade, onde também está implantada a Escola Municipal Passo da Ilha.

No projeto que passa a tramitar no departamento de Licitação, está prevista base em brita graduada de aproximadamente 20 centímetros e pavimentação asfáltica de cinco centímetros.

Em relação aos pontos de drenagem e limpezas das valas, segundo a secretaria, o projeto não detalha todas as intervenções a serem realizadas, uma vez que todos os recursos serão do município.

São João Batista

Conforme o Diário do Sudoeste informou, na assinatura da ordem de serviço da obra de

Marcilei Rossi

pavimentação da Estrada Municipal Ricieri Picolo, o recurso federal deve ser empenhado pelo Ministério do Turismo, já que a Estada Municipal Azelino Dalla Costa liga a pontos de lazer e área de preservação ambiental.

Com a previsão de pavimentação em um trecho de cerca de 200 metros no prolongamento da rua Itabira no bairro Cadorin no programa Asfalto nos Bairros, o asfalto que deve atender a comunidade de São João Batista terá 6,8 quilômetros.

Estimada inicialmente em R$ 2.436.744,00, a obra deve ter o aporte federal de R$ 1,4 milhão, sendo que o município deve investir como contrapartida R$ 1 milhão. Do montante, R$ 1.674.470,80 serão para a pavimentação e R$ 762.237,20 para a base de brita graduada.

No entanto, para os representantes das comunidades Zucchi afirmou, que não havendo o repasse federal, iremos fazer a pavimentação com recursos próprios.

A afirmação do prefeito está relacionada à possibilidade de novos cortes do Governo Federal em virtude do plano de contingenciamento, que impediu ainda a captação de recursos de União para mais obras do programa no Município.

Diferente do projeto da estrada do Passo da Ilha, segundo a Secretaria de Engenharia, Obras e Serviço, o estudo da estrada de São João Batista deverá ser detalhado, uma vez que deve passar por aprovação na Caixa Econômica Federal e Ministério do Turismo.

Com isso, pontos de galerias deverão ser delimitados, da mesma forma que todas as ligações com estradas secundárias. Poucas horas após o anúncio às comunidades, na tarde dessa segunda, equipes da secretaria estavam na estrada realizando mapeamento da via, que devem constar no projeto, que se estima ser concluído na próxima semana.

Prazos

Com o andamento das obras de pavimentação da estrada da comunidade de Nossa Senhora do Carmo, com o projeto do Passo da Ilha em vias de licitação, e a de São João Batistas em fase de conclusão para posterior encaminhamento para a Caixa Econômica Federal, aos moradores resta esperar os prazos determinados.

Segundo Zucchi, os dois novos trechos de asfalto rural devem ser entregues as comunidades até o dia 30 de dezembro.

Por se tratar exclusivamente de recursos próprios, por já estar em fase de licitação, a expectativa é de que as obras no Passo da Ilha seja a primeira a ser executada.

Para tanto, Zucchi afirmou que o serviço de limpeza da via e das laterais deve iniciar tão logo a licitação seja formalizada. Provavelmente até o final de abril iniciaremos os trabalho, disse ele estabelecendo datas.

O mês de abril, segundo o Executivo, também é tido como o prazo para a conclusão do asfalto de Nossa Senhora do Carmo. Com relação à pavimentação da estrada de Nossa Senhora do Carmo, o prefeito afirmou que o trabalho de colocação da massa asfáltica no trecho estava previsto para se iniciar na tarde dessa segunda.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima