‘Que Horas Ela Volta?’ fica fora da briga pelo Oscar

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O longa de Anna Muylaert “Que Horas Ela Volta?” está fora da corrida para o Oscar 2016 de filme estrangeiro.

O filme não foi incluído na lista de nove possíveis indicados à categoria, divulgada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas na noite desta quinta-feira (17).

Entre as produções que chegaram à esta etapa está o húngaro “O Filho de Saul”, longa premiado em Cannes.

A lista será reduzida posteriormente a cinco finalistas, escolhidos por um comitês especiais de Nova York, Los Angeles e Londres.

Os indicados ao Oscar para todas as categorias serão anunciados no dia 14 de janeiro, às 5h30 do horário de Los Angeles, do Samuel Goldwyn Theater, em Beverly Hills. A cerimônia será no dia 28 de fevereiro, no Dolby Theater, em Hollywood.

Muylaert foi ao Facebook avisar aos fãs que seus filme não estava na reta final.

“A academia acabou de divulgar a shortlist do Oscar e Que horas ela volta? Não está entre os 9 finalistas”, escreveu, publicando a lista.

A produção concorre, porém, a melhor filme estrangeiro do Critics’ Choice Award, organizado pelos críticos cinematográficos dos EUA e Canadá.

Saiba os nove filmes que ainda estão na corrida:

“Le tout nouveau testament” (Bélgica), de Jaco Van Dormael

“El abrazo de la serpiente” (Colômbia), de Ciro Guerra

“Krigen” (Dinamarca), de Tobias Lindholm

“Miekkailija” (Finlândia) de Klaus Härö

“Cinco Graças” (França), de Deniz Gamze Ergüven

“Labirinto de Mentiras” (Alemanha), de Giulio Ricciarelli (em cartaz no Brasil)

“O Filho de Saul” (Hungria) de László Nemesreland (previsto para estrear ano que vem)

“Viva” (Irlanda), de Paddy Breathnach

“Theeb” (Jordânia), de Naji Abu Nowar

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima