Santos prioriza contratação de atacante e inicia conversas com Barcos

SAMIR CARVALHO
SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) – A diretoria do Santos prioriza a contratação de um atacante de expressão no futebol para suprir a saída de Robinho, que não renovou contrato com o clube. A reportagem apurou que a cúpula santista iniciou conversas com os representantes do argentino Barcos, ex-Palmeiras e Grêmio e que atualmente joga no futebol chinês.
O Santos apurou que Barcos está com dificuldades de se adpatar ao clube Tianjin Teda e tentou recentemente o retorno ao futebol argentino. As conversas estão bem no início e, por isso, a diretoria santista também trabalha com outras frentes.
Os dirigentes santistas devem estourar o teto salarial do elenco para trazer pelo menos três reforços. A estratégia da diretoria é utilizar cerca de R$ 1 milhão mensal, valor que era pago somente com Robinho, para bancar dois ou três jogadores.
Enquanto não contrata um atacante, o Santos tenta fechar a contratação do volante Sandro, revelado pelo Internacional e que atualmente defende o Queens Park Rangers, da Inglaterra.
Sandro pode assinar contrato de empréstimo por uma temporada. A contratação não foi fechado, pois ainda há divergência em relação ao salário.
Caso seja concretizada a negociação, Sandro chega para suprir a posição mais carente do elenco santista. O clube perdeu dois jogadores no setor por lesão ligamentares no joelho ? Alison, no início do ano, e Valencia, na Copa América.
Além de Sandro, a diretoria santista negocia a contratação de Fernando Gago, do Boca Juniors. No entanto, caso o ex-volante do Inter seja contratado, o argentino será descartado. A situação de Gago é mais complicada.
Gago tem contrato com o clube argentino até o fim de 2017 e, para tirá-lo do Boca, o clube paulista terá que desembolsar cerca de 3 milhões de euros (R$ 10,7 milhões).
Sem fechar com atletas de mais expressão, o Santos encaminha a contratação do volante Fábio Braga, filho do técnico Abel Braga e que estava atuando no CSMS Iasi, da Romênia.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima