Santos vence o Joinville e deixa zona de rebaixamento do Brasileiro

MARCELO SALTON
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Com uma atuação exuberante de Gabriel, o Santos derrotou o Joinville por 2 a 0 na Vila Belmiro e deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.
Autor dos dois gols -aos 3min e aos 18 min da etapa inicial-, Gabriel não deixou o bom público presente ao estádio lamentar a ausência de Ricardo Oliveira, artilheiro da competição com oito gols.
Embalado pela vitória sobre o Sport na Copa do Brasil, o alvinegro jogou com confiança desde o início. Situação oposta a dos catarinenses, incapazes de forçar uma única defesa de Vanderlei durante os 90 minutos.
Com o triunfo, os santistas somam 16 pontos e ocupam a 15ª posição. Já Joinville permanece na lanterna, com 9.
As duas equipes voltam a jogar no próximo domingo (2). O Santos viaja até o Rio, onde enfrenta o Flamengo no Maracanã às 16h. No mesmo horário, o Joinville recebe o Avaí.
O JOGO
Sem Ricardo Oliveira, suspenso, Dorival Júnior sofreu outra baixa importante pela manhã. Principal armador santista, Lucas Lima acordou com a garganta inflamada e com febre, sendo vetado pelo departamento médico.
Quem recebeu uma chance foi o atacante Nilson, em sua primeira partida como titular.
Escalado com três volantes, o Joinville entrou em campo disposto a explorar os contragolpes. A estratégia de Adilson Batista, porém, durou pouco. Logo a 3 min, Gabriel apareceu desmarcado na área e desviou para o gol após cruzamento de Zeca da esquerda.
Atrás no placar, o time catarinense mostrou então suas limitações. Sem ameaçar na frente, ainda mostrava fragilidade no meio-campo. Aos 18 min, um erro de passe iniciou o lance do segundo gol santista. Marquinhos Gabriel lançou Gabriel e o atacante avançou sem qualquer oposição até a área, antes de tocar com categoria no canto direito de Agenor.
Geuvânio teve a chance de ampliar aos 39 min, após grande jogada individual. Dois minutos depois, Dorival Júnior foi forçado a substituir Gabriel, em razão de uma lesão muscular na coxa.
No segundo tempo, o ritmo do jogo caiu bastante, até em razão do calor. Na melhor chance, aos 6min, Marcelo Costa cobrou falta e quase colocou no ângulo superior direito de Vanderlei.
Já o Santos se limitou em reter a posse de bola no campo de ataque, satisfeito em garantir a quarta vitória no Brasileiro. No único lance de perigo, aos 38 min, Marquinhos finalizou rente ao poste esquerdo de Agenor, após lance individual.

SANTOS
Vanderlei; Victor Ferraz, Werley, David Braz e Zeca; Renato, Paulo Ricardo e Marquinhos Gabriel; Geuvânio (Elano), Gabriel (Marquinhos) e Nilson (Serginho).
T.: Dorival Júnior
JOINVILLE
Agenor; Arnaldo, Guti, Douglas Silva e Rogério; Naldo (Marcelo Costa), Anselmo, Fabrício (Luis Meneses); Marion, William Popp (Kempes) e Silvinho.
T.: Adilson Batista
Estádio: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Souza Santiago e Marcus Vinicius Gomes
Gols: Gabriel, aos 3min e aos 18min do 1º tempo
Cartões amarelos: Zeca e David Braz (S); Fabrício e Anselmo (J)

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima