Sem brasileiros, revista inglesa coloca Osorio entre 50 melhores do mundo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Novidade no futebol brasileiro, o técnico colombiano Juan Carlos Osorio, 53, do São Paulo, anda em alta fora do Brasil. O nome dele compõe a lista dos 50 melhores técnicos de 2015, apresentada nesta quarta (15) pela revista inglesa “Four Four Two”, uma das mais conceituadas publicações sobre futebol.
Não há brasileiros no ranking e, assim, o treinador do São Paulo é o único a representar o futebol cinco vezes campeão do mundo na lista.
Osorio é 49º colocado nos critérios da publicação, que não considera somente o desempenho na temporada e as conquistas. Avalia a capacidade e o conhecimento técnico de cada treinador, a liderança que ele exerce dentro da equipe e atuação de cada profissional como manager.
Ao falar de Osorio, a publicação destaca que os clubes brasileiros não são reconhecidos por darem oportunidade para técnicos estrangeiros.
Diz também que o São Paulo apostou no currículo vitorioso de Osorio pelo Atlético Nacional, da Colômbia, com cinco títulos em dois anos, e o aprovou por um estudioso de futebol -passagens por EUA e Inglaterra, por exemplo.
O líder do ranking é o português José Mourinho, que conduziu o Chelsea ao título do Campeonato Inglês e da Copa da Liga Inglesa nesta temporada.
CURIOSIDADES
Entre as curiosidades do ranking, há seis alemães, seis espanhóis, seis franceses, cinco italianos, quatro argentinos, quatro holandeses, três portugueses, três ucranianos, dois australianos, dois americanos, um belga, um chileno, um colombiano, um congolês, um croata, um suíço, um sueco, um uruguaio e um tcheco.
Seis treinam times alemães e seis treinam times ingleses, cinco comandam equipes espanholas e cinco comandam equipes francesas, quatro dirigem times italianos e dois treinam equipes argentinas. Há dois técnicos desempregados: o alemão Jürgen Klopp e o italiano Carlo Ancelotti.
Os mais velhos são o ucraniano Mircea Lucescu, 69, do Shakhtar Donetsk, o uruguaio Oscar Tabárez, 68, da seleção do Uruguai, e o italiano Giampiero Ventura, 67, do Torino.
Os mais jovens são o argentino Marcelo Gallardo, 39, do River Plate, o português Leonardo Jardim, 40, do Monaco, e o alemão Markus Weinzierl, 40, do Augsburg.
VEJA O RANKING DOS 50 TREINADORES
1. José Mourinho (POR), 52, do Chelsea
2. Josep Guardiola (ESP), 44, do Bayern de Munique
3. Luis Enrique (ESP), 45, do Barcelona
4. Diego Simeone (ARG), 45, Atlético de Madri
5. Massimiliano Allegri (ITA), 47, da Juventus
6. Jürgen Klopp (ALE), 48, sem clube
7. Unai Emery (ESP), 43, do Sevilla
8. Joachim Löw (ALE), 55, da Alemanha
9. Carlo Ancelotti (ITA), 56, sem clube
10. Laurent Blanc (FRA), 49, do PSG
11. Arsène Wenger (FRA), 65, do Arsenal
12. Leonardo Jardim (POR), 40, do Monaco
13. Ronald Koeman (HOL), 52, do Southampton
14. Rudi García (FRA), 51, da Roma
15. Jorge Jesus (POR), 60, do Sporting
16. Louis van Gaal (HOL), 63, do Manchester United
17. Lucien Favre (SUI), 57, do Borussia Mönchengladbach
18. Philip Cocu (HOL), 44, do PSV
19. Oscar Tabárez (URU), 68, do Uruguai
20. Marcelino (ESP), 49, do Villarreal
21. José Pekerman (ALE), 65, da Colômbia
22. Edgardo Bauza (ARG), 57, do San Lorenzo
23. Mircea Lucescu (UCR), 69, do Shakhtar Donetsk
24. Bob Bradley (EUA), 57, do Stabaek
25. Dieter Hecking (ALE), 50, do Wolfsburg
26. Jorge Sampaoli (ARG), 55, do Chile
27. Roger Schmidt (ALE), 48, do Bayer Leverkusen
28. Didier Deschamps (FRA), 46, da França
29. Giampiero Ventura (ITA), 67, do Torino
30. Jocelyn Gourvennec (FRA), 43, do Guingamp
31. Marcelo Gallardo (ARG), 39, do River Plate
32. Vicente del Bosque (ESP), 64, da Espanha
33. Sergei Rebrov (UCR), 41, do Dínamo de Kiev
34. Antonio Conte (ITA), 45, da Itália
35. Manuel Pellegrini (CHI), 61, do Manchester City
36. Rafael Benítez (ESP), 55, do Real Madrid
37. Frank de Boer (HOL), 45, Ajax
38. Myron Markevych (UCR), 64, do Dnipro
39. Ange Postecoglou (AUS), 49, da Austrália
40. Markus Weinzierl (ALE), 40, do Augsburg
41. Lars Lagerbäck (SUE), 66, Islândia
42. Herve Renard (FRA), 46, do Lille
43. Slaven Bilic (CRO), 46, do West Ham
44. Gian Piero Gasperini (ITA), 57, do Genoa
45. Tony Popovic (AUS), 42, do Western Sydney
46. Bruce Arena (EUA), 63, do Los Angeles Galaxy
47. Hein Vanhaezebrouck (BEL), 51, do Gent
48. Pavel Vrba (TCH), 51, da República Tcheca
49. Juan Carlos Osorio (COL), 53, do São Paulo
50. Florent Ibenge (CON), 53, do Congo

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima