Sem definição de parceiros, organização garante Melo e Soares no Rio Open

Campeão de duas chaves no Aberto da Austrália, Bruno Soares estará no Rio Open, assim como o duplista número 1 do mundo, Marcelo Melo. Nenhum dos dois, entretanto, sabe com qual parceiro jogará. Nesta terça-feira, a organização do torneio mais importante do Circuito Mundial realizado em solo brasileiro anunciou as duplas masculinas inscritas, sem listar as duas estrelas do tênis nacional. Os organizadores, entretanto, garantem que Soares e Melo estarão no Jockey Club Brasileiro, no Rio, entre 16 e 22 de fevereiro.

“A ATP divulga uma lista de dez duplas inscritas duas semanas antes do evento. O Marcelo Melo e o Bruno Soares estão conversando com os parceiros deles e vendo calendário, para definir com quem jogarão o Rio Open. A ATP tem uma regra que permite que três duplas se inscrevam na hora, direto no torneio e eles vão se beneficiar dela”, explica Luiz Procopio Carvalho, diretor do Rio Open.

O comunicado enviado à imprensa nesta terça-feira não explica se há a possibilidade de Marcelo Melo e Bruno Soares atuarem juntos, numa prévia do que deverá acontecer em agosto, também no Rio, durante os Jogos Olímpicos. Soares foi campeão em Melbourne com o britânico Jamie Murray, enquanto Marcelo Melo jogou com croata Ivan Dodig.

Das 16 duplas masculinas que jogarão o Rio Open, 10 já estão definidas. Duas receberão convite da organização e mais uma vem do qualifying. Os brasileiros Thomaz Belluci e Marcelo Demoliner jogarão juntos, enquanto André Sá vai jogar com o argentino Maximo Gonzalez.

Também estão garantidos na chave os campeões da primeira edição do Rio Open, os colombianos Robert Farah e Juan Sebastian Cabal, e o norte-americano Jack Sock, 14º do ranking mundial, que vai jogar com o compatriota Nicholas Monroe.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima