Spurs derrota Magic e amplia invencibilidade em casa na NBA

Ninguém consegue derrotar o San Antonio Spurs no AT&T Center nesta temporada da NBA. Na noite da última segunda-feira, o Orlando Magic se tornou mais uma vítima no ginásio texano ao cair por 107 a 92, resultado que ampliou a série invicta do Spurs no campeonato para 26 partidas. Levando em consideração a edição de 2014/2015, já são 35 jogos sem perder.

Com o resultado, o Spurs segue como segunda melhor campanha da NBA, com a ótima marca de 40 vitórias e oito derrotas, atrás apenas dos ainda mais incríveis 44 triunfos do Golden State Warriors, líder do Oeste. Já o Magic vive péssima fase no Leste, venceu somente duas das últimas 15 partidas e é o 12.º do Leste, fora da zona de classificação para os playoffs.

Mais uma vez, o Spurs não teve o lesionado Tim Duncan na segunda-feira, mas aí quem assumiu o protagonismo foi seu companheiro de garrafão. LaMarcus Aldridge anotou 28 pontos e deixou a quadra como cestinha. Ele ainda foi auxiliado pelos 22 pontos do reserva Patty Mills. Pelo Magic, destaque para os 20 pontos e 10 rebotes de Nikola Vucevic, além dos 19 pontos de Victor Oladipo.

Se o Spurs ampliou sua marca, o Toronto Raptors viu sua sequência invicta cair na noite de segunda-feira. Depois de 11 vitórias consecutivas, a equipe canadense viajou ao Colorado e não foi páreo para o irregular Denver Nuggets, que mais uma vez mostrou alguns de seus jovens e surpreendentes talentos no fácil triunfo por 112 a 93.

Um dos principais calouros desta temporada, o sérvio Nikola Jokic comandou o triunfo. Ele chegou ao seu quarto “double-double” nas últimas cinco partidas ao anotar 27 pontos e 14 rebotes, ambas melhores marcas de sua curta carreira na NBA. Outro jovem do elenco do Nuggets, o talentoso Will Barton, em seu terceiro ano na liga, contribuiu com 20 pontos vindo do banco.

Apesar do triunfo, o Nuggets está longe da zona de classificação para os playoffs do Oeste, com 19 vitórias, em 11.º da conferência. O Raptors, que teve Lucas Bebê em quadra por 14 minutos, anotando quatro pontos, é o segundo do Leste, com 32 triunfos.

Quem brilhou na rodada foi Raulzinho, que teve atuação fundamental para a vitória de seu Utah Jazz sobre o Chicago Bulls por 105 a 96, em casa, na prorrogação. O brasileiro marcou 14 pontos para o nono colocado do Oeste, ainda na briga por playoffs. O Bulls, por sua vez, é o quinto do Leste.

Já Nenê foi mais discreto e marcou somente cinco pontos na derrota do Washington Wizards, 11.º do Leste, para o Oklahoma City Thunder, por 114 a 98, fora de casa. Russell Westbrook anotou mais um “triple-double” para o terceiro colocado do Oeste, com 17 pontos, 13 rebotes e 11 assistências.

A liderança do Leste é do Cleveland Cavaliers, que precisou da prorrogação, mas chegou à 35.ª vitória na temporada ao bater o Indiana Pacers por 111 a 106, fora de casa. Kyrie Irving foi o cestinha, com 25 pontos, enquanto LeBron James anotou um “double-double”, com 24 pontos e 12 rebotes.

Em quarto na Conferência Leste está o Atlanta Hawks, que derrotou sem maiores dificuldades o Dallas Mavericks, por 112 a 97, em casa. Sem Tiago Splitter, com uma lesão no quadril, a equipe contou com os 32 pontos de Jeff Teague. Pelo Mavericks, sexto do Oeste, destaque para os 19 pontos e 11 rebotes de Chandler Parsons.

Confira os resultados de segunda-feira da NBA:

Indiana Pacers 106 x 111 Cleveland Cavaliers
Brooklyn Nets 100 x 105 Detroit Pistons
Atlanta Hawks 112 x 97 Dallas Mavericks
New Orleans Pelicans 95 x 110 Memphis Grizzlies
Oklahoma City Thunder 114 x 98 Washington Wizards
San Antonio Spurs 107 x 92 Orlando Magic
Denver Nuggets 112 x 93 Toronto Raptors
Utah Jazz 105 x 96 Chicago Bulls
Sacramento Kings 111 x Milwaukee Bucks

Acompanhe as partidas da NBA nesta terça-feira:

New York Knicks x Boston Celtics
Houston Rockets x Miami Heat
Phoenix Suns x Toronto Raptors
Portland Trail Blazers x Milwaukee Bucks
Los Angeles Lakers x Minnesota Timberwolves

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima