Thiem aproveita vitórias na Davis para subir no ranking; Feijão despenca

O austríaco Dominic Thiem é o destaque do ranking da ATP atualizado nesta segunda-feira. Depois de uma semana sem torneios individuais, o tenista de 22 anos aproveitou suas vitórias na Copa Davis, no fim de semana, para subir para a 13ª colocação, sua melhor posição na lista dos melhores do mundo. Por outro lado, o brasileiro João Souza sofreu uma das maiores quedas do ranking, figurando agora em 253º.

Thiem protagonizou a primeira mudança na lista da ATP, que não teve qualquer alteração no restrito Top 10. Depois dele, houve três alterações no Top 20. O austríaco cresceu a partir dos triunfos nos jogos de simples no duelo com Portugal, pelo Zonal Europa/África I da Davis. Assim, desbancou o canadense Milos Raonic, que aparece agora na 14ª colocação.

Nas primeiras colocações, o sérvio Novak Djokovic segue com ampla folga na liderança, com seus 16.540 pontos. O britânico Andy Murray ocupa o segundo posto, com quase metade dos pontos do rival.

Ambos estiveram em quadra no fim de semana para defender suas equipes no Grupo Mundial da Davis. Djokovic ajudou a Sérvia a vencer o Casaquistão, enquanto o vice-líder do ranking contribuiu para o triunfo sobre o Japão. Agora eles vão se enfrentar diretamente nas quartas de final da Davis, em julho.

Os suíços Roger Federer e Stan Wawrinka seguem ocupando o terceiro e quarto postos do ranking, seguidos do espanhol Rafael Nadal, do japonês Kei Nishikori, do checo Tomas Berdych, do espanhol David Ferrer e dos franceses Jo-Wilfried Tsonga e Richard Gasquet.

Thomaz Bellucci continua sendo o número 1 do Brasil, mantendo a 33ª posição. Rogério Dutra Silva (114.º), Guilherme Clezar (173.º) e Thiago Monteiro (236.º) subiram na lista, enquanto João Souza, o Feijão, voltou a sofrer dura queda. Foram 42 posições, aparecendo agora na 253ª colocação, a pior da sua carreira em oito anos.

Confira os 20 primeiros colocados do ranking da ATP:

1.º – Novak Djokovic (SER), 16.540 pontos
2.º – Andy Murray (GBR), 8.685
3.º – Roger Federer (SUI), 8.295
4.º – Stan Wawrinka (SUI), 6.325
5.º – Rafael Nadal (ESP), 4.810
6.º – Kei Nishikori (JAP), 3.980
7.º – Tomas Berdych (RCH), 3.900
8.º – David Ferrer (ESP), 3.505
9.º – Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 2.950
10.º – Richard Gasquet (FRA), 2.715
11.º – John Isner (EUA), 2.585
12.º – Marin Cilic (CRO), 2.555
13.º – Dominic Thiem (AUT), 2.430
14.º – Milos Raonic (CAN), 2.410
15.º – Kevin Anderson (AFS), 2.065
16.º – Gael Monfils (FRA), 1.950
17.º – Roberto Bautista Agut (ESP), 1.935
18.º – David Goffin (BEL), 1.930
19.º – Gilles Simon (FRA), 1.855
20.º – Bernard Tomic (AUS), 1.805
33.º – Thomaz Bellucci (BRA), 1.200
114.º – Rogério Dutra Silva (BRA), 510
154.º – André Ghem (BRA), 385
173.º – Guilherme Clezar (BRA), 317
236.º – Thiago Monteiro (BRA), 220
253.º – João Souza (BRA), 206

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima