Vasco chega ao Rio em silêncio e ouve gozações de rivais

BRUNO BRAZ
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) – Após sofrer uma goleada de 4 a 0 para o São Paulo, o Vasco desembarcou na manhã desta quinta-feira (9) no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, em silêncio e com forte esquema de segurança. Enquanto se dirigiam para o ônibus, os jogadores ouviram gozações de torcedores rivais, muitos deles taxistas e passageiros que chegavam à cidade.
“Vão cair de novo! Vão mais uma vez para a Série B!”, disse um deles, aos risos e a não mais que 100 metros de distância do veículo que levava a delegação vascaína.
Apesar do temor em relação a protestos, membros de organizadas não estiveram presentes e o clima foi pacífico no saguão do aeroporto.
Principais personagens na derrota, o atacante Riascos -que perdeu três chances claras em sequência- e o zagueiro Rodrigo não quiseram conversar com a imprensa. Capitão da equipe, o volante Guiñazu foi outro que passou direto pelos jornalistas e só parou para atender alguns turistas que solicitavam fotos e autógrafos.
O meia Andrezinho, que fez sua estreia, e o atacante Gilberto, que não marca um gol há dois meses, foram os únicos a falar.
“Falta encaixar algumas coisas no nosso time, sim. Isso é nítido, mas vamos encaixar. Estamos indo pelo caminho certo. O treinador está conseguindo colocar sua filosofia, mas não teve muito tempo de trabalho. Assim que conseguir, vamos encaixar e sair desta situação para colocar o Vasco onde merece”, declarou Gilberto.
Já Andrezinho pediu união do grupo para tirar o Cruzmaltino da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.
“Não foi a estreia que eu esperava. Realmente, a situação está difícil. Não tem outra solução a não ser trabalhar, encarar a realidade. É a hora de nós jogadores nos unirmos cada vez mais para sair desta situação”, alertou.
Com apenas nove pontos, o Vasco ocupa a penúltima colocação na tabela. Neste sábado (11), às 18h30, em Porto Alegre, o time de Celso Roth enfrenta o Grêmio.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima