Vasco empata e é rebaixado pela 3ª vez no Brasileiro em menos de 10 anos

GUILHERME YOSHIDA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Em um jogo disputado sob forte chuva e com um gramado cheio de poças d’água, o Vasco não passou de um empate por 0 a 0 com o Coritiba, no estádio Couto Pereira, e foi rebaixado na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, a equipe carioca chegou aos 41 pontos e encerrou a sua campanha na 18ª colocação da classificação. Os outros rebaixados foram Avaí, Goiás e Joinville.

Mesmo que vencessem o confronto fora de casa, os vascaínos não escapariam da degola. Isso porque o Figueirense, um dos concorrentes na disputa contra o rebaixamento, venceu o Fluminense e se livrou da queda. O Coritiba, com o empate, também se manteve na Série A ao somar 44 pontos.

Esta é a terceira vez que o time carioca caiu para a Segunda Divisão da competição nacional. Nas outras duas vezes em que foi rebaixado, o Vasco também fracassou na rodada final -perdeu para o Vitória, por 2 a 0, em 2008; e para o Atlético-PR, por 5 a 1, em 2013.

O JOGO

A forte chuva que caiu sob a cidade de Curitiba durante o jogo e o nervosismo por causa da briga contra o rebaixamento dificultaram o desempenho das duas equipes, principalmente, no primeiro tempo.

Assim, o jogo foi bastante fraco tecnicamente, com muitos erros nos passes, lançamentos longos e excesso de faltas. Com o campo encharcado e a pouca produção ofensiva dos dois times, os goleiros praticamente não foram exigidos até o intervalo.

Mesmo assim, o Vasco conseguiu ter mais posse de bola e presença ofensiva. E, aos 14min, quase abriu o placar após Nenê se aproveitar de um escorregão do zagueiro Walisson Maia e chutar para bela defesa do goleiro Wilson, que saiu do gol de forma arrojada e evitou o gol dos visitantes.

O time carioca continuou pressionando os donos da casa na etapa final, apesar das suas limitações técnicas e das poças d’água do gramado. Porém, ora os vascaínos erravam as finalizações ora paravam nas defesas do goleiro Wilson.

Nos minutos finais, o Vasco esboçou uma pressão, mas não conseguiu nem mesmo chegar ao gol da vitória.

Depois, antes do apito final, o time carioca teve o seu rebaixamento decretado após o término da partida em Florianópolis, que viu a vitória do Figueirense sobre o Fluminense.

CORITIBA

Wilson, Leandro Silva, Walisson Maia, Juninho, Carlinhos; Cáceres (Ícaro), Alan Santos ((Rafael Marques), Juan (Tiago Lopes) e Negueba; Kleber Gladiador e Henrique Almeida

T.: Pachequinho

VASCO

Martín Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Serginho, Diguinho (Mateus Vital), Bruno Gallo (Leandrão) e Nenê; Jorge Henrique e Duvier Riascos (Rafael Silva)

T.: Jorginho

Estádio: Couto Pereira, em Curitiba

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Cartão vermelho: Madson (V)

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima