Zagueiro defende Ganso e diz que reclamações não atrapalham

GUILHERME PALENZUELA
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Paulo Henrique Ganso foi titular na vitória contra o Coritiba, não jogou bem e deixou o campo irritado no segundo tempo. Na alteração, não cumprimentou Boschilia, seu substituto, e não estendeu a mão para o treinador Juan Carlos Osorio. Vaiado, chutou um copo d’água antes de sentar no banco de reservas. Nesta quarta-feira (15), o zagueiro Lucão, 19, saiu em defesa do companheiro.
“O que a gente vê no dia a dia do Ganso é que ele é tranquilo, sossegado. O que a gente e vocês precisam entender é que em campo você fica de cabeça quente e tem dificuldade de segurar uma situação que acontece. Vocês [jornalistas] são experientes o suficiente para entender que isso é normal”, disse o defensor.
Lucão afirmou que não houve reunião do elenco para discutir a atitude de Ganso. O próprio meia foi repreendido recentemente por Osorio após ter culpado publicamente o próprio Lucão por um gol sofrido contra o Atlético-PR. O zagueiro admitiu falha na ocasião.
“Não, não teve nenhuma conversa, não. A gente chegou, bateu um papo rápido sobre o que seria o treino de hoje e já foi treinar”, falou Lucão, que diz que os atletas conversam sobre tais episódios e que estes não causam problemas ao ambiente do clube.
“Dentro de campo, fora, no dia a dia, nos treinamentos, acho que tudo tem aquela cobrança, de nós mesmos, não só partindo do professor Osorio. Acho que fortalece, não tem essa de ter um ambiente ruim por reclamação. A gente sempre se fortalece no dia a dia”, disse. “A gente sempre conversa. Independente se seja uma situação ruim ou boa. Quando é boa a gente elogia. A gente sempre está conversando, falando um com o outro, para nunca deixar a peteca cair. O grupo inteiro faz isso, os mais jovens, mais velhos, a gente conversa entre si. Não vem só da parte do professor ou da comissão técnica”, completou.
Lucão também falou que as críticas a Ganso acontecem pela capacidade conhecida do meia e que, por isso, todos esperam mais. “A gente sempre espera o melhor de todos, a gente sabe da qualidade, tem um pensamento muito diferente, acima doq ue estamos acostumados. A gente sempre vai esperar mais dele, a gente espera isso não só dele, mas de todo o grupo.”

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima