Deputado Guerra fala sobre lockdown no Paraná e situação da covid-19 no estado

Devido a crescente de casos de covid-19 no Paraná e a alta taxa de ocupação dos leitos, Governo do Estado estará em lockdown a partir da zero hora de amanhã (27) até o dia 8 de março, permitindo funcionar, apenas, indústrias e estabelecimentos considerados essenciais. As informações foram repassadas ao Diário do Sudoeste, nesta sexta-feira (26), pelo deputado estadual, Luiz Fernando Guerra Filho, que particupou na manhã de hoje de uma reunião com o governador do Paraná. 

Segundo o deputado, a medida prorroga, ainda, o retorno das aulas presenciais no Estado, previstas para o dia 1º. Além disso, as igrejas devem funcionar apenas para assistência. 

“Será cancelado todo tipo de evento do governo até dia 12. A Assembleia ficará fechada, totalmente, na semana que vem”, disse. 

Vacina

Conforme Guerra, Governo Estadual está em negociação com todos os laboratórios, porém, a preferência de compra é para Governo Federal. “Caso não der certo, o Estado negocia. Perspectiva apenas de junho, julho.”

Ampliação dos leitos 

De acordo com o deputado, o governo pretende ampliar 98 leitos de UTI e 134 de enfermaria, no mês que vem. No entanto, segundo ele, medida não diminuirá o risco de colapso no sistema, uma vez que o problema do Paraná não é a falta de equipamentos, mas sim de profissionais. “Ontem tínhamos 441 pacientes aguardando leitos. Hoje são 578 pessoas.”