Paraná

Prefeito de Guarapuava mantém suspensão das aulas presenciais

Foto: José Fernando Ogura/AEN

No início deste mês, a Secretaria de Educação de Guarapuava lançou uma pesquisa pública com pais e servidores, para deliberar sobre manutenção ou suspensão das remotas no município. A medida compreendia Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) e escolas.

A possível data de retorno das aulas presenciais, apresentada pela secretaria foi 28 de setembro.

Em uma live, nesta segunda-feira (21), o prefeito Cesar Silvestre Filho revelou que a consulta pública teve a participação de 7,3 mil pais de alunos; e mais de 1,7 servidores da área da educação (80% dos servidores do setor).

Dos pais de alunos de Cmeis, 10,7% afirmaram que enviaram seus filhos as unidades, enquanto que 89,3% não enviariam seus filhos a aulas presenciais devido a pandemia.

Com relação as escolas do Ensino Fundamental (1ª a 5ª série), 952,7% dos participantes da pesquisa não apoiaram o retorno às aulas em 28 de setembro. Por sua vez, 7,3% decidiram pela retomada das aulas presenciais.

Já com relação aos servidores, 91,2% afirmaram que não apoiariam o retorno neste momento, e 8,8%, apoiando a retomada das aulas.

Falando do desempenho das medidas de enfrentamento da pandemia, e enaltecendo os bons resultados obtidos no município em comparação com outros de mesmo porte a nível nacional, Silvestre afirmou que, “é evidente que nós também não podemos mobilizar mais de 70 escolar que compõem o sistema municipal de ensino, criar todo um esforço para voltar as aulas e termos aqui esses números que representam na média em cerca de 10% apenas das crianças voltando às aulas, uma vez que pelas normas, esse retorno seria facultativo, ou seja, só voltariam as crianças que os pais quisessem.”

Com este embasamento, o prefeito de Guarapuava, falando em prejuízos pedagógicos em 2020, afirmou que “não retornaremos, não retomaremos  as aulas no município no ano de 2020”. Ele destacou ainda que os alunos vão receber conteúdo encaminhados pelas escolas pelo ensino remoto, até o fim da programação do ano letivo, enfatizando assim, que o ano vai encerrar de forma remota na rede municipal de ensino.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima