Antes da final de simples, Bellucci fica com o vice nas duplas em Quito

Finalista da chave de simples do Torneio de Quito, o brasileiro Thomaz Bellucci não teve êxito na sua primeira final em solo equatoriano em 2016. Na noite de sábado, ele e o compatriota Marcelo Demoliner ficaram com o vice-campeonato do torneio de duplas ao perderem a decisão para o espanhol Pablo Carreno Busta e o argentino Guilherme Duran por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/4.

“Não conseguimos jogar hoje no mesmo nível das partidas anteriores. Mesmo assim foi uma grande semana, foi nossa primeira final juntos, a primeira de muitas”, afirmou Bellucci, que, ao lado de Demoliner, havia vencido todos os duelos anteriores do torneio de duplas no match tie-break.

Carreno Busta e Duran nunca haviam atuado juntos antes, mas mesmo assim conseguiram o título em Quito, com uma campanha que incluiu vitórias sobre as duplas cabeças de chave número 2 e 3.

Diante de Bellucci e Demoliner, eles salvaram os oito break points da dupla brasileira. Demoliner perdeu o seu saque no 11º game do primeiro set, com uma dupla-falta. Na sequência, então os argentinos fecharam a parcial em 7/5. Embalados, conseguiram uma quebra de saque no primeiro game do segundo set e depois só sustentaram o serviço, garantindo a conquista do título da chave de duplas em Quito.

Neste domingo, Bellucci volta a jogar, às 16 horas (de Brasília), na decisão da chave de simples, após derrotar o italiano Paolo Lorenzi (3/6, 6/2 e 6/3) nas semifinais.

O adversário do brasileiro, o número 35 do mundo, vai ser o dominicano Victor Estrella Burgos, 58º colocado no ranking da ATP e atual campeão em Quito, com uma campanha em que derrotou Bellucci nas semifinais.

“Está sendo uma boa semana. Estou conseguindo manter um bom nível de tênis e os resultados estão sendo consequência disso. Até agora estou me sentindo muito bem em quadra e estou confiante para amanhã. Vou tentar manter a concentração e o volume de jogo”, afirmou Bellucci.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima