A empresa CashLocal está incubada no Parque Tecnológico de Pato Branco

Na semana passada houve a apresentação da CashLocal, empresa incubada no Parque Tecnológico de Pato Branco, que desenvolveu um aplicativo de fidelização, para devolver ao consumidor parte do dinheiro gasto em suas compras, fazendo girar novamente no comércio local.

A plataforma é uma espécie de moeda do comércio local, que mescla as moedas sociais (moedas alternativas à moeda oficial, utilizada por um certo grupo) e os tradicionais cashbacks (método de compra que possibilita ao cliente recuperar parte do dinheiro gasto em determinadas mercadorias ou serviços).

O consumidor só pode gastar o saldo em novas compras e apenas no comércio local da sua cidade, trazendo competitividade às empresas pato-branquenses e fortalecendo a economia. Cerca de 70 empresas do varejo e de serviços locais já aderiram à plataforma, que também permite que os clientes realizem doações com o saldo, colaborando com entidades e pessoas carentes.

O secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcos Vinícius De Bortolli, destacou que o desenvolvimento sustentável de qualquer região passa pela ciência, tecnologia e inovação nas suas diversas formas.

“Entretanto, a pandemia derrubou nosso PIB e muitas empresas do setor do comércio fecharam as portas ou migraram para a internet. A iniciativa tecnológica da CashLocal fortalece o comércio local, pois faz o dinheiro circular na cidade, além de facilitar a doação de valores para entidades sociais. Além disso, guia as empresas para vendas pela internet, cujo impacto local é muito positivo, gerando empregos e renda”, observou.

Comércio

Recentemente o Sindicomércio firmou parceria com a CashLocal. O programa em conjunto está na fase de adesões das empresas e os associados do sindicato contam com benefícios exclusivos.

O presidente do Sindicomércio, Ulisses Piva, ressaltou que as ferramentas tecnológicas vêm ganhando espaço rapidamente e a parceria com a CashLocal é uma forma de impulsionar o setor varejista.

“Há um novo perfil de consumidor, muito mais conectado. O Sindicomércio estabeleceu a parceria para ajudar as empresas a entrarem no mundo digital, ao mesmo tempo fazendo circular o dinheiro em Pato Branco”, analisou.

Ulisses destacou ainda outras funcionalidades do aplicativo, com o troco digital e a vitrine virtual. “Nossa expectativa é fortalecer o setor econômico de Pato Branco, com ferramentas tecnológicas que abrem novos canais de comunicação entre as empresas e os consumidores”. (Crédito da foto: Rodinei Santos)