Pato Branco

As feiras de produtos orgânicos proporcionam melhor qualidade de vida para a população pato-branquense

Agora também é possível realizar a encomenda de seus produtos através do site: https://pb.cestasaudavel.com.br/ - Créditos: Divulgação

Júlia Heimerdinger*

O projeto das feiras de produtos orgânicos e artesanais dos bairros de Pato Branco começou através de uma experiência em aproximar alguns agricultores com consumidores da zona urbana. A feira começou a funcionar em junho de 2018, nas dependências da Paróquia Nossa Senhora de Fátima.

“Assim, dois agricultores vinham semanalmente, no mesmo dia da semana e no mesmo horário de manhã e estacionavam na Rua Bolívia do Jardim das Américas e os vizinhos começaram a se abastecer desta forma” informa Norma Kiyota, uma das organizadoras da feira acrescentando também que depois disso foi realizado um projeto entre a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e o Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR).

Assim, foi criada uma Comissão Municipal; IDR-Paraná, formada pela UTFPR– Campus Pato Branco, Secretaria Municipal da Agricultura de Pato Branco (Assesoar), CAPA, Coopervereda, Rede Ecovida de Agroecologia, Sindicato dos Metalúrgicos e Sindicato dos Comerciários.

Alimentação saudável

“O crescimento do número de feiras demonstra o interesse dos consumidores em acessar alimentos frescos e saudáveis. Inclusive, já temos a demanda de outros bairros para estas feiras, mas precisamos fazer um trabalho de ampliação do número de agricultores agroecológicos para poder responder a esta demanda.” Comenta Norma sobre a participação da população pato-branquense nas feiras.

Norma ainda informa que está sendo realizado um trabalho paralelo de pesquisa e formação em sistemas agroecológicos. Atualmente, no Polo de Pesquisa e Inovação de Pato Branco está sendo executado experimentos e vitrines em maçãs, citros, pêssego, ameixas, frutas vermelhas, etc. O projeto tem como objetivo atuar desde a produção até a comercialização de produtos agroecológicos.

Assim, garantindo para a população a possibilidade de consumir produtos saudáveis, frescos e com preço justo. “Mostrando que produtos orgânicos não são nichos de mercados apenas para consumidores com alto poder aquisitivo, mas que encurtando a cadeia, isto é, aproximando agricultores e consumidores, é possível ter alimentos saudáveis com preços acessíveis”, reflete Norma.

Pandemia

Referente à realização das feiras durante o período de pandemia, estão seguindo todos os protocolos de higienização para garantir a segurança dos agricultores, feirantes e consumidores. “Todos os agricultores e consumidores utilizam máscaras e álcool gel ao acessar e deixar o local da feira e ao manusear produtos, embalagens e cartão ou dinheiro.”

No bairro Cristo Rei e Planalto os locais das feiras ocorrem em locais fechados, então é disponibilizado um estagiário para controlar o número de pessoas e não gerar aglomeração, e verifica se todas as pessoas estão usando máscara.

Agora também é possível realizar a encomenda de seus produtos através do site: https://pb.cestasaudavel.com.br/. Os pedidos podem ser realizados de sexta à terça-feira, até as 24 horas. O pagamento pode ser realizado através de cartão de crédito, no próprio site.

 Horários final de ano

Por causa do final do ano as feiras dos bairros terão horário diferenciados,

ocorrerão nas quartas-feiras nas semanas do Natal e do Ano Novo, nos dias 23 e 30 de dezembro nos mesmos horários.

Depois, elas voltam com a programação normal, no bairro Primavera ocorre todas as quintas feiras, das 7h às 9h30. No Cristo Rei todas as quintas das 10h às 12h30 e no Bairro Planalto as feiras ocorrem todas as sextas-feiras das 17h às 21 h.

* Sob supervisão de Marcilei Rossi

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima