Pato Branco

Associação Missão SOS Vida inaugurou Memorial Defensores do Bem

A intenção do local é manter viva a memória dos freis, que tanto colaboraram com a Associação -Créditos: Divulgação

Na quarta-feira (16) a Associação Missão SOS Vida inaugurou em Pato Branco o Memorial Defensores do Bem, além da construção da barbearia e academia para os acolhidos.

De acordo com o coordenador da instituição, Flavio Cesar Brinkmam a intenção de construir o memorial já existia há anos. “A gente já vinha sentindo no coração em fazer alguma coisa que lembrasse a memória do frei Nelson Rabelo e acabei comentando com a dona Odete Rotava que tínhamos um espaço vago, que era uma ferramentaria e resolvemos construir a homenagem”, explica.

A voluntária Odete deu a ideia de realizar um Memorial lembrando também frei Policarpo e frei Sérgio Hillesheim. “Então, a partir daí a ideia foi pensada e levada para a frente, foi dessa forma que a gente foi construindo o projeto, reformamos e adequamos o espaço”, destaca Brinkmam.

Homenagem

No memorial há lembranças de frei Nelson, alguns objetos de frei Sérgio e algumas matérias de jornal de frei Policarpo. “Aos poucos vamos melhorando, também vamos colocar acervo de toda a história do SOS Vida a partir do momento que o frei Nelson começou a ideia”, informa Brinkmam.

O local é destinado para os acolhidos e as famílias que visitam. “É importante ter essas pequenas lembranças para que eles poderem sentir mais viva a presença transformadora que esse Frei fez para toda a nossa sociedade”, avalia o coordenador do SOS Vida.

A intenção é que o espaço possa ser utilizado em várias funções, como encontro de confraternizações e momentos de escuta para com os acolhidos.

“A proposta é realmente essa de manter viva a memória de todo o projeto [criado por] frei Nelson. Como ele é um dos fundadores do SOS Vida, para que as pessoas lembrem da origem, com toda sua história e dedicação que não deve ser esquecida por nós”, reflete Brinkmam.

Importância do local

O espaço foi construído para que a comunidade possa ter conhecimento de como surgiu a Associação. “O objetivo é deixar vivo a memória da proposta da criação da entidade, na medida que a instituição vai crescendo, muitas vezes vai tomando outro rumo, então a gente quer crescer sim, e aumentar cada vez mais o acolhimento e resultado, mas nunca esquecer dos criadores”, finaliza o coordenador da Associação Missão SOS Vida.

Missão SOS Vida

A Associação Missão SOS Vida iniciou seus serviços no ano de 2001. Atualmente são 107 acolhidos, sendo 70 em Pato Branco, 22 em Chopinzinho e 15 em Xanxerê (SC).

Os acolhimentos são realizados de forma totalmente gratuita para a população do sexo masculino, a partir dos 18 anos de idade. O tempo mínimo de tratamento é de seis meses, mas esse prazo pode se estender até 12 meses, pois cada caso é individualizado. A instituição se mantém através de doações de pessoas físicas e jurídicas.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima