Atlas Eletrodomésticos se une à Agência do Trabalhador de Pato Branco no Projeto 50+

Projeto incentiva a contratação de pessoas com mais de 50 anos por empresas da região

Este mês, a Atlas Eletrodomésticos e outras empresas do sudoeste paranaense se uniram à Agência do Trabalhador de Pato Branco no Projeto 50+. A iniciativa estimula a as companhias da região a contratarem pessoas com mais de 50 anos e ainda valoriza profissionais acima desta faixa etária para que tenham, ou ainda, para que retomem sua carreira e desenvolvimento profissional.

Na Atlas Eletrodomésticos, 16% dos colaboradores têm mais de 40 anos. Neste grupo, alguns acima de 70 anos que atuam em diversas áreas. A empresa, com 7 décadas de história, sempre valorizou seus colaboradores nesta faixa etária já que estes transmitem sua experiência aos mais jovens. “Este público toma decisões de forma mais assertiva e tem maturidade para lidar com adversidades”, destacou Celso Palagi, gerente de Recursos Humanos da Atlas Eletrodomésticos.

“Fazer parte de iniciativas como esta indica o quanto estamos nos preparando para um Brasil que terá mais de 50% de sua população economicamente ativa com mais 45 anos em 2050”, apontou Márcio Veiga, CEO da companhia. “Valorizar a experiência e conhecimento destas gerações é estar na contramão do etarismo que vemos acontecer no mercado de trabalho”, defende ele. “Pato Branco está entre as cidades Amigas do Idoso, é nosso dever servir de exemplo tanto para a indústria da região quanto para todo país afinal, nossos produtos chegam às casas de milhares de brasileiros em todas as regiões”, reforçou.

“Quando a empresa dá oportunidade para pessoas de mais idade, está dando uma chance a elas para que continuem contribuindo com a sociedade”, afirmou Cemar Pedro Cadori, de 59 anos, que trabalha há 17 anos na Atlas Eletrodomésticos.

“Em 5 anos teremos um percentual ainda maior de pessoas acima de 40, 50 anos na empresa”, lembrou Celso Palagi. “Nós treinamos esses profissionais que estarão conosco para os cargos que assumirão e mantemos a constante renovação de conhecimento do nosso quadro de colaboradores por meio de cursos, incentivos por meio de bolsas de estudo, além de outros recursos, pois eles são importantes para nós”, relatou o gestor. “Uma empresa é feita de pessoas e devemos valorizar o potencial de cada indivíduo que está conosco independente da idade”, encerrou o CEO Márcio Veiga.