Pato Branco

Bares e restaurantes de Pato Branco solicitam ampliação no horário de atendimento

Representantes do setor de alimentação de Pato Branco reunidos no Largo da Liberdade Crédito: Jéssica Procópio

Representantes do setor dizem que medida é necessária para evitar fechamento de mais estabelecimentos

Na manhã desta quinta-feira (8), poucos minutos antes do início da reunião do Comitê de Combate à Covid-19 no Largo da Liberdade, alguns representantes do setor de alimentação de Pato Branco protestaram pela ampliação do horário de atendimento ao público, passando das 20 h para, no mínimo, às 22 h.

De acordo com Tiago Cichocki, sócio de um grupo do ramo no município e também presidente do Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Sudoeste do Paraná (SHBRS), o setor precisa ampliar o horário de atendimento para evitar o fechamento de mais empresas do ramo. “O decreto em vigor não tem lógica. As lojas fecham às 18 h, o pessoal sai [vai para casa] e chegam nos restaurantes às 19 h. Não dá tempo de pedir nada”, comentou.

Conforme Cichocki, Pato Branco conta com cerca de 400 empresas do ramo — sejam elas bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias, pizzarias e fins. Segundo ele, antes desse período, esses estabelecimentos empregavam, aproximadamente, 3.600 pessoas. “Hoje não emprega isso porque muitas empresas fecharam. Não se sabe quanto ainda, porque não tem o dado atualizado, mas caiu bastante. Só aqui em Pato Branco, empresas grandes, que empregavam mais de dez funcionários, fechou seis.”

O representante do setor disse ainda que, se manter o horário atual a tendência é de que “a cada semana que passe um, dois ou três restaurantes fecharão.”

Entenda a situação 

Atualmente o setor cumpre o decreto nº 8.875, de 9 de março de 2021, que permite o atendimento ao público no local de segunda a domingo, das 7h às 20h. Já na modalidade delivery, o setor pode atuar de segunda a domingo, a partir das 7h até as 22h.

Após 30 dias da vigência do decreto, os representantes do setor pedem pela ampliação do horário de atendimento ao público, passando das 20h para ao menos as 22 h.

Atualizações do comitê

Na reunião do Comitê de Enfrentamento a Pandemia da Covid-19 em Pato Branco foram apresentados dados que apontam que entre os dias 29 de março a 4 de abril, foram registrados no município 187 novos casos do novo coronavírus.

Em relação à semana anterior, entre os dias 16 a 21 de março, houve uma queda de 14,612%. A taxa de transmissão do vírus, o quanto da doença se espalhou entre os pato-branquenses, também apresentou queda em relação à semana anterior, de 0,289% para 0,221%.

Em entrevista à Rádio Celinauta, Rodrigo Bertol, diretor de vigilância sanitária, disse que, nos últimos dias, os números da covid-19 no município apresentaram uma diminuição pouco expressiva. “Mesmo que Pato Branco já está em uma situação mais confortável, nós não estamos em um mar de tranquilidade.”

O chefe da vigilância disse que ainda é muito cedo para se pensar em flexibilizar as medidas de prevenção a covid-19. Segundo ele, é preciso esperar mais alguns dias para saber como está a atual situação do município com relação a doença.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima