Pato Branco

Casos de coronavírus chegam à área rural de Pato Branco

Pela primeira vez, desde que os casos positivos de coronavírus começaram a ser computados em Pato Branco, em 14 de março, o município registrou ocorrências na área rural.

Segundo o mapa de contágio divulgado na terça-feira (14) pela Secretaria Municipal de Saúde, com dados até 12 de julho, dois casos foram registrados na Linha Três Pontes, próximo à Fazenda da Barra, na zona sul de Pato Branco.

A secretária municipal de Saúde, Márcia Fernandes de Carvalho, explicou que o município tem sido trabalhado como um todo, sem diferenciação entre zona urbana e rural, ou seja, população dos bairros e do interior recebem a mesma atenção e devem seguir as mesmas medidas de prevenção.

O centro da cidade continua sendo a região de maior incidência, com 44 casos confirmados até 12 de julho, segundo o local de residência do paciente. De acordo com Márcia, esta é uma tendência, uma vez que é a região de maior índice populacional. Assim a probabilidade de que haja mais casos é sempre maior.

Até o último domingo (12), além da Linha Três Pontes e do centro, os demais casos estavam divididos em 33 bairros de Pato Branco, sendo 17 casos no Planalto, 13 no Fraron, 11 no Alvorada, 10 no Cristo Rei, 10 no São Francisco, 10 no La Salle, oito no Parque do Som, sete no Menino Deus, sete no Brasília, sete no São João, seis no São Cristóvão, seis no Novo Horizonte, seis no Vila Izabel, cinco no Pinheirinho, cinco no Santo Antônio, quatro no Jardim das Américas, três no Aeroporto, três no Jardim Primavera, três no Gralha Azul, três no Bonato, dois no Vila Esperança, dois no Alto da Glória, dois no Industrial, dois no Trevo da Guarani, um no Anchieta, um no Amadori, um no Bela Vista, um no Santa Terezinha, um no Veneza, um no São Vicente, um no Baixada, um no Parzianello e um no Pinheiros.

Ocupação dos leitos

Conforme informações da Secretaria Municipal de Saúde, Pato Branco possui 12 leitos UTI adulto com respiradores exclusivos para casos de Covid-19, sendo que sete estão no Hospital Policlínica e cinco no Hospital São Lucas, além de outros quatro que estão de retaguarda na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), bem como, cada um dos hospitais conta com mais dez leitos com respiradores, que já fazem parte da rede.

Segundo o boletim do Estado, divulgado na tarde de quarta-feira (15) pela secretária municipal de Saúde, Márcia Fernandes de Carvalho, até às 10h o volume de leitos coronavírus pertencentes à 7ª Regional de Saúde, que atende aos 15 municípios que fazem parte da microrregião de Pato Branco, não estavam totalmente ocupados.

No total, entre os três hospitais de referência da microrregião, são disponibilizados 15 leitos de UTI adulto e 29 leitos enfermaria adulto. Dos sete leitos UTI e sete leitos enfermaria do Hospital Policlínica, dois UTI e quatro enfermaria estavam ocupados; dos cinco leitos UTI e 15 enfermaria do Hospital São Lucas, dois UTI e cinco enfermaria estavam tomados; e dos três leitos UTI e sete enfermaria do Hospital Santa Pelizzari, de Palmas, dois UTI e um enfermaria estavam ocupados.

Em relação a Macrorregional Oeste, que engloba as Regionais de Saúde de Francisco Beltrão (8ªRS), Foz do Iguaçu (9ªRS), Cascavel (10ªRS), Toledo (20ªRS), além de Pato Branco (7ªRS), há no total uma oferta de 131 leitos UTI e 172 leitos enfermaria para pacientes com Covid-19, e até às 10h dessa quarta (15) 88 leitos UTI e 82 leitos enfermaria estavam ocupados, representando um percentual de ocupação de 67,18% e 47,67%, respectivamente.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima