Pato Branco

Frei Felipinho foi sepultado no mausoléu dos franciscanos

Carismático, frei Felipinho faleceu na manhã desta terça-feira (16), na Policlínica em Pato Branco. Ele é mais uma vítima da covid-19, que há cerca de um ano vem impedindo as famílias de se despedirem de seus entes queridos, por meio dos ritos de funeral e sepultamento.

Devido aos protocolos sanitários impostos pela pandemia, o caixão de frei Felipinho foi levado lacrado, ao interior da Matriz São Pedro Apóstolo, onde ele trabalhou por quase 20 anos.

Na cerimônia, que a população somente pode acompanhar pelos meios de comunicação e pelas redes sociais, estavam presentes apenas os freis da fraternidade Franciscana de Pato Branco, que estão em isolamento.

Ao término dos ritos funerários, o pároco da Paróquia São Pedro Apóstolo, frei Alex Sando Ciarnoski, afirmou que os freis têm, assim como todas as famílias que perderam alguém para a covid-19, “que não conseguimos fazer a despedida que frei Felipe merece. Mas, a última palavra é de agradecimento a Deus pela vida, por tudo aquilo que o frei Felipe realizou e pelos quase 20 anos junto a nossa comunidade. E, de modo especial, porque nós frades mais jovens, aprendemos muito com ele no dia a dia.”

Frei Alex também recordou o falecimento de frei Policarpo, em 4 de outubro de 2020, motivo pelo qual destacou, “é muito grande a dor da nossa fraternidade, e o que nos conforta é o carinho, o amor e as orações da comunidade.”

Entrevista com frei Alex Sando Ciarnoski
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima