Goleiro perde pênalti e D’Alessandro se despede do Inter com título

D’Alessandro se despediu do Internacional da mesma forma que colocou seu nome na história do clube: conquistando título. Nesta quarta-feira, horas após anunciar que está deixando o clube para voltar o River Plate, o argentino participou do empate sem gols contra o São José, pelo Campeonato Gaúcho, no Passo D’Areia, e viu seus companheiros ganharem o título da Recopa Gaúcha depois, nos pênaltis.

A partida valia por duas competições por economia de calendário. Como o Internacional ganhou o Gauchão no ano passado e o São José, terceiro time de Porto Alegre, faturou a Super Copa Gaúcha, o confronto entre eles no Gaúcho deste ano valia também pela Supercopa. A partida terminou empatada sem gols, com cada time somando um ponto no Estadual, e depois se prorrogou para os pênaltis.

D’Alessandro, que mais cedo concedeu entrevista coletiva e chorou copiosamente para se despedir do Internacional, jogou até os 35 minutos do segundo tempo. Saiu ovacionado para a entrada de Alex, a quem entregou a faixa de capitão da equipe.

O argentino se despede deixando Inter, agora sim, como “campeão de tudo”. D’Alessandro venceu a Libertadores (2010), o Gaúcho (seis vezes, exceto em 2010), a Recopa Sul-Americana (2011), a Copa Sul-Americana, e a Copa Suruga. O clube colorado, entretanto, nunca havia vencido a tal Recopa Gaúcha, perdendo para o Pelotas em 2014 (à época jogou com o Inter B) e para o Lajeadense no ano passado, com D’Alessandro em campo.

Nos pênaltis no Passo D’Areia, estádio conhecido pelo gramado sintético, Alex bateu para defesa de Fábio e Heliardo, do São José, mandou na trave. Vitinho fez o dele, enquanto Alisson pegou a batida de Diego Torres. Na sequência, o goleiro foi para a cobrança e mandou para fora.

Paulão, David e Marquinhos converteram e a responsabilidade ficou com o goleiro Fábio, do São José, que bateu o 10.º pênalti. Alisson pegou e garantiu o título, para a festa de D’Alessandro, que foi jogado para o ar pelos companheiros e voltou a chorar ao falar com jornalistas. Depois, deu a volta no campo, ovacionado mais uma vez pela torcida, que gritava seu nome.

O jogo diante do São José marcou a estreia do Inter no Campeonato Gaúcho porque a partida contra o Ypiranga, que deveria acontecer no domingo, foi adiada por conta do temporal que caiu em Porto Alegre.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima