Jovens interessados podem fazer parte das categorias de base do Pato Basquete

Devido a pandemia o Pato Basquete precisou interromper alguns projetos nas categorias de base. Mas os treinamentos retornaram com meninos a partir de 13 anos e com escolas parceiras a partir de 7 anos.

A pretensão é participar dos campeonatos paranaenses que acontecerão no segundo semestre. “Estamos trabalhando para uma base sustentável e para isto tivemos vários projetos aprovados, porém os recursos só entrarão no próximo ano”, avalia Clediomar Miranda, coordenador técnico das categorias de base do Pato Basquete.

Projeto categoria de base

A equipe é recente, em setembro completará três anos de existência, e por essa razão não participou de muitas competições. “Então as categorias de base estão com mais tempo de pandemia do que de competições. Infelizmente uma perda muito grande para esta geração, e que teremos que trabalhar muito para recuperar”, destaca Miranda.

O projeto Pato Basquete começou de maneira invertida. “Montamos uma equipe profissional e agora estamos montando a base, mas estamos com tudo organizado e andando bem. O projeto prevê os próximos 10 anos do Pato Basquete”, informa o coordenador técnico das categorias de base do time.

Miranda acrescenta que já houve algumas aquisições para melhorar a qualidade da equipe. “Já conseguimos uma quadra em parceria, compramos uma sede, já estamos com projetos de captação de recursos aprovados, tanto a nível estadual quanto federal e que começam a entrar no próximo ano”, exemplifica.

No momento a equipe está trabalhando para uma estruturação em todas as categorias. “O objetivo é ter uma base forte, mas estamos no início, mas em dois ou três anos, teremos a casa do atleta e condições bem melhores”, analisa Miranda.

Pandemia

Por questão da pandemia as equipes estão reduzidas, tanto o sub 15 como o sub 19 estão com 15 atletas cada. “Não podemos colocar mais para treinar junto em função dos protocolos”, explica Miranda.

Nos treinamentos são seguidas todas as medidas restritivas recomendadas pela Secretaria de Saúde, como a aferição da temperatura, treino de máscara, higienização dos materiais e mãos antes e após o treino, além de tapete sanitizante.

Como participar?

De acordo com Miranda para participar das categorias de base do Pato Basquete basta comparecer e participar de um a três treinos para ser avaliado, caso seja aprovado o atleta permanece treinando na equipe.

Os treinos do sub 14, 15 e 18/19 são gratuitos, caso a escola seja parceira há uma taxa de cobrança, que é paga pela escola.

Horário dos treinamentos

Sub 08/10: sextas-feiras, das 18h às 19h30, no Colégio Mater Dei

Sub 11/13: terças e quintas-feiras, das 17 às 18h, no Colégio Mater Dei

Sub 14: segundas, quartas e sextas-feiras, das 13h30 às 15h, no Ginásio do Sesc

Sub 15: nas segundas, quartas e sextas-feiras, das 15 h às 16h30 e nas terças e quintas-feiras, das 13h30 às 15h, no Ginásio do Sesc

Sub 18/19: nas segundas, quartas e sextas-feiras, das 16h30 às 18h e nas terças e quintas-feiras, das 13h30 às 15h, no Ginásio do Sesc