Lar dos Idosos precisa de doações financeiras para manter o funcionamento da instituição

Nesta quinta-feira (24), em uma coletiva de imprensa remota, foi discutido sobre a atual situação financeira do Lar dos Idosos São Vicente de Paulo e seus agravamentos diante da pandemia.

“É do nosso entendimento que o lar realmente é da comunidade, quanto mais nós podermos envolver a comunidade nesse processo é muito importante, pessoas se articulando para que o lar possa continuar”, avalia Alex Sandro Ciarnoschki, pároco da matriz São Pedro Apóstolo.

Transferência do Lar

A Ordem Franciscana em Pato Branco passará a administrar o Lar. Segundo Simone Castro, tesoureira da diretoria atual, no início de junho aconteceu a autorização do Conselho Metropolitano para realizar a escritura de transferência do Lar.

“A minuta da escritura já foi feita, nós também encaminhamos o pedido de isenção do Imposto de transmissão causa mortis e doação (ITCMD), que é um valor bastante alto”, informa Simone.

O frei Alex e sua equipe já elaboraram a minuta do novo estatuto, que deverá ser aprovado pela atual diretoria e enviada para o Conselho Metropolitano analisar.

De acordo com Simone todo o processo será finalizado até o final de julho. “Além disso, temos alguns compromissos financeiros do Lar que devem ser quitadas junto ao Conselho Metropolitano antes de efetivar a transferência do imóvel”, finaliza.

Situação financeira

Atualmente o Lar acolhe 33 idosos, e conforme dados repassados pelo Instituto Regional de Desenvolvimento Econômico e Social (IRDES) o Lar possui como fonte de receita mensal o valor de R$ 49.966,00, em contrapartida possui um total de custos fixos de 68.573,33.

Considerando provimentos para depreciações, encargos sobre os salários dentro da estrutura necessária, em média, há um deficit mensal de R$31.123,15.

A renda desejável para o equilíbrio financeiro do Lar seria de R$ 82.966,00. A instituição está analisando opções de renda, uma alternativa é a realização das feijoadas. Algumas entidades já estão se articulando para começar com a ação.

Covid-19

O surto de covid-19 no Lar foi revelado em 5 de junho, quando inicialmente dez idosos e dois colaboradores positivaram para a covid-19. Além disso, três moradores da instituição faleceram por complicações da doença.

De acordo com a presidente do Lar dos Idosos São Vicente de Paulo, Leony Maria Fracaro,há 23 idosos positivados na entidade. “O médico esteve lá e somente uma idosa que ele pediu para fazer o exame de raio-x do pulmão, que já estava hospitalizada, os outros estão evoluindo bem. Na Casa de Formação estão todos bem também”, afirma.

Bazar da solidariedade

A Paróquia São Pedro e a Provopar realizaram o Garimpo Solidário,a comunidade realizou a doação de eletrodomésticos, móveis e itens de decoração.

Com a arrecadação das contribuições, será realizado um bazar beneficente, todo o valor arrecadado será revertido ao Lar.

O bazar acontecerá na sexta-feira (25) das 14h às 19h30 e no sábado (26) das 8h30 às 19h30, no Pavilhão São Pedro. As vendas serão somente em dinheiro ou por pix.

Doações

A Provopar teve a iniciativa criar uma campanha de arrecadação de dinheiro em prol do Lar dos Idosos, contando com o apoio de outras entidades.

As colaborações podem ser realizadas através da conta: Caixa Ag. 2658, Op. 0003, Conta 00000009-2, pix: 00146.044/0001-24, CNPJ: 00.146.044/0001-24.

Além disso é possível realizar doações diretamente na conta do Lar: Agência Sicoob 4390 – Conta Corrente 23253-0 – CNPJ: 78.685.518/0001-01, pix: 78.685.518/0001-01.