Pato Branco

Pato Branco substitui iluminação pública e projeta reduzir gastos

Nesta semana, o município de Pato Branco está dando sequência às obras de iluminação pública, iniciadas a partir da assinatura da ordem de serviço, em 29 de abril deste ano. O prazo de execução é de 180 dias.

De acordo com o engenheiro eletricista Gilvan Augusto Nava, do Departamento de Iluminação Pública, da Prefeitura de Pato Branco, o trabalho está sendo realizado na avenida Tupi.

Ele explicou que as luminárias do tipo ornamental em LED, modelo topo de poste, estão sendo instaladas entre o viaduto do trevo do patinho até o cruzamento da avenida Tupi com a rua Paraná. “No total são 425 pontos, compostos por luminárias do tipo ornamental em LED com potência de 80W e postes metálicos galvanizados e pintados”, destacou.

Nava ressaltou que o Município efetuou processo licitatório para execução da obra incluindo o fornecimento de materiais, de acordo com o Edital de Tomada de Preços nº 12/2019 e o Contrato de Empreitada por Preço Global nº 48/2020/GP. “A empresa vencedora do certame chama-se Engeluz Iluminação e Eletricidade Eireili, com sede no Distrito Industrial em Wenceslau Braz (PR)”, revelou.

Expansão

Nava explicou que há previsão de um aditamento deste contrato para instalação das luminárias ornamentais até a rotatória do posto 6 rodas na zonal Sul, incluindo a instalação de postes.

“Cabe destacar que o trecho da avenida Tupi na zona Sul, a partir do cruzamento com a rua Iguatemi (posto 6 rodas) até a ligação com a PR-280 (trevo da Patrolinha) também está sofrendo revitalização no sistema de Iluminação. Neste local, nas últimas semanas o Departamento de Iluminação Pública do Município efetuou a substituição de 252 luminárias convencionais por luminárias em LED. Neste local as substituições estão em andamento com previsão para finalizar em setembro. Ainda, na última semana também foram substituídas as luminárias das ruas Jorge Lacerda e Tapejara, no centro.

Modernização

O engenheiro eletricista destacou que os principais objetivos da substituição dessas luminárias é o de promover maior eficiência energética e luminosa, além de efetuar a modernização no sistema de iluminação pública de Pato Branco.

“Na avenida Tupi, estão sendo instaladas luminárias do tipo ornamental em LED com potência de 80W. Apesar de aumentar o número de luminárias instaladas, a carga total instalada será reduzida, pois a iluminação presente nos postes da Copel nesse trecho, atualmente é de 274W por ponto (incluindo lâmpada e perdas do reator), e serão desinstaladas na etapa final da obra, o que levará a uma redução de aproximadamente 11.360 kWh, ou seja, uma economia de aproximadamente R$ 5 mil mensais na fatura de iluminação pública”, enfatizou.

Na avenida Tupi, na zona Sul, a partir do cruzamento com a rua do Príncipe até o trevo da Patrolinha, segundo Nava, foram substituídas 62 luminárias de vapor de sódio com potência de 432W cada (incluindo as perdas do reator) por luminárias em LED com potência de 180W, com eficiência luminosa de 150lm/W. “Apenas neste trecho houve redução de 15.624W de carga instalada”, afirmou.

Nava destacou ainda que no cruzamento da avenida Tupi com a rua Iguatemi, até o cruzamento com rua do Príncipe, foram substituídas até o momento 190 luminárias com lâmpadas de vapor de sódio, com potência total de 274W (incluindo as perdas no reator), por 80 luminárias em Led com potência de 143W, e 110 luminárias em LED com potência de 58W. “Neste trecho houve redução de 34.240W de carga instalada”, frisou.

Expectativa

Os principais benefícios esperados, de acordo com ele, são a redução nos índices de manutenção das luminárias. “Com a nova proposta da iluminação de LED, os fornecedores garantem o produto num prazo de cinco anos, com vida útil das luminárias de 50.000 horas, o que reduzirá os custos com transporte, instalação, substituição de peças e outros gastos relacionados a manutenção. Destaca-se também a redução no consumo de energia elétrica, a atualização do sistema de iluminação pública, o aumento do fluxo luminoso total, e o aumento no índice de reprodução de cores, que contribuirá para a melhoria da segurança e qualidade de vida da população”, explicou.

Projetos luminotécnicos

O engenheiro eletricista enfatizou também que foram desenvolvidos projetos luminotécnicos antes da substituição das luminárias, com objetivo de determinar qual potência de luminária melhor atende determinado tipo de via, em conformidade com a NBR 5101. “Com relação aos locais, foram priorizados inicialmente as vias arteriais, coletoras e de tráfego importantes do Município, e que possuíam luminárias com maior consumo de energia elétrica”, destacou.

Investimento

Segundo Nava, o objetivo é ir aumentando gradativamente a substituição de luminárias convencionais por luminárias em LED em todos os bairros do Município. “O valor economizado com os gastos nas faturas de energia estão sendo destinados para o investimento na aquisição de mais luminárias em LED. No momento em que alcançarmos um percentual elevado de substituições no Município, será efetuada análise para repassar esta economia também para o consumidor. Ressalta-se que não há reajustes no valor da taxa de iluminação pública em Pato Branco desde 2016”, lembrou.

Força de trabalho

O Município conta com três equipes que efetuam a manutenção e também a substituição das luminárias. “Quando os moradores detectarem algum problema na iluminação, é importante que nos comuniquem o mais breve possível, através dos telefones (46) 3220-6068 e 156 (estes números estão presentes na tarifa da Copel) ou ainda pelo aplicativo e-cidadão”, enfatizou.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima