Pato Branco

Pato Branco terá representantes em competição estadual de GR

Pato Branco participará com três atletas da Copa Paraná de Ginástica Rítmica e a Copa Paraná em Casa - Foto: Assessoria/PMPB

Assessoria

A Prefeitura de Pato Branco, através da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, participará com três atletas, nos dias 21, 22, 27 e 28 de novembro, da Copa Paraná de Ginástica Rítmica e a Copa Paraná em Casa, promovida pela Federação Paranaense de Ginástica (FPRG) com a Paraná Esportes. Os eventos serão on-line com transmissão ao vivo pelo YouTube (https://bit.ly/canalFPRG) e Facebook (https://facebook.com/fprginastica) da FPRG.

Atletas

Pato Branco contará com três atletas na disputa: Bettina Vanin Martini (13 anos), Maria Paula Navarini Dutra (14 anos) e Valentina Macri (14 anos), que competirão na categoria Juvenil, na Copa Paraná em Casa, no domingo (22), às 10h40. As ginastas participarão da transmissão diretamente da residência de uma das meninas, tomando os cuidados necessários em relação ao Coronavírus (Covid-19): uso de máscaras e álcool em gel.

Treinamento

A professora de Ginástica Rítmica (GR), da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer, Graziele Fagundes, afirma que durante a pandemia as atletas tiveram aulas on-line, o que possibilitou a participação no campeonato. As três ginastas voltaram aos treinos presenciais para a preparação do campeonato em outubro, sendo que essa será a segunda vez, em dez anos, que Pato Branco participará desta modalidade em uma competição.

“É muito gratificante para um treinador ver a evolução dos seus atletas. Comecei o projeto sem o intuito de ir para campeonato, mas hoje percebo que muitas ginastas de Pato Branco estão preparadas para competir profissionalmente. Independente do resultado, elas são vitoriosas e guerreiras, porque em tão pouco tempo já estão representando o Município em campeonatos estaduais”, ressalta.

Expectativa

Bettina Vanin Martini participará de uma competição de GR pela primeira vez e está confiante. “Embora as aulas on-line sejam diferentes, tivemos um bom proveito. Foram dias de treino pesado, às vezes até com dor, mas já estou orgulhosa por essa oportunidade de fazer o que eu amo e levar o nome de Pato Branco”, enfatiza.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima