Pato Branco

Remanso da Pedreira começa a receber equipamento de energia fotovoltaica

Além dos equipamentos já entregues, grupos de Rotary farão a doação das demais placas a serem instaladas - Foto: Divulgação

Nesta semana, começaram a ser entregues no Remanso da Pedreira, os equipamentos de energia fotovoltaica, doados pela empresa Renovigi Energia Solar.

A doação foi feita, após campanha de indicação em uma postagem no Instagram da empresa, que realiza um projeto para viabilizar a doação de equipamentos para entidades sociais de todo o Brasil.

A comunidade rotária de Pato Branco promoveu uma mobilização para que a entidade beneficiada fosse o Remanso da Pedreira, projeto que atende a crianças em situação de vulnerabilidade social. O movimento foi articulado pelos oito clubes de Rotary locais em parceria com a empresa E3 Engenharia.

Segundo Cassiano Alba, articulador da ideia e membro do Rotary Club de Pato Branco – Sul, os equipamentos que chegaram foi a primeira parte, sendo que o restante deve ser entregue nos próximos dias.

Alba destaca que a instalação e aprovação dos projetos devem ser cumpridos ainda no período de 45 dias.

Durante a campanha que resultou nos equipamentos, Alba destacou que o gerador deverá contribuir para a redução dos custos com energia elétrica por parte da entidade, que promove oficinas e atividades artísticas, esportivas e de saúde para várias crianças.

A coordenadora do Remando da Pedreira, Claudia Mohr explica que as 16 placas e o inversor já estão na entidade. Já o restante das placas e o segundo inversor, — uma vez que um estudo apontou a necessidade de 44 placas solares e dois inversores, para suprir a necessidade da entidade, que em média no ano de 2019 desembolsou R$ 1,8 mil por mês com energia elétrica —, será custeado pela comunidade rotária de Pato Branco.

 Claudia explica também, que o projeto elaborado proporciona uma sobra de energia de 15%, o que possibilitará a instalação de dois aparelhos de ar condicionado.

Atividades

Devido a pandemia do novo coronavírus, as atividades presenciais na entidade estão suspensas, contudo, vem sendo mantido uma programação de atendimento das crianças com entrega de alimentos.

Claudia afirma que o Remanso da Pedreira segue recebendo doações da comunidade, para atender todas as crianças que fazem parte dos projetos.

Passo futuro

A coordenadora também comentou que uma série de reuniões estratégicas estão sendo realizadas juntamente com o Instituto Regional de Desenvolvimento Econômico e Social (Irdes), com o objetivo de abrir uma escola em tempo integral para atender crianças com idades escolares do ensino fundamental, que estão em situação de vulnerabilidade social. “A ideia é para que as crianças estejam na escola Remando da Pedreira pela parte da manhã e pela parte da tarde participem dos projetos.”

De acordo com Cláudio o projeto neste momento é um sonho e conta com o apoio além do Irdes, dos grupos de Rotary e de empresários. Ela também detalhou que já foi realizado reuniões com pedagogas que estão desenvolvendo o Projeto Político Pedagógico (PPP) e o regimento interno.

Claudia pontua que em sendo implementada a escola, o Remanso da Pedreira vai precisar três vezes mais do que é investido mensalmente hoje, contudo, a credibilidade do projeto sustenta a iniciativa.

“Queremos moldar essas crianças desde pequenas, pois acreditamos que a escola e o Remanso da Pedreira, é um lugar para moldar essas gerações”, comenta.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para cima