Sobe para 11 o número de idosos do Lar São Vicente de Paulo com covid-19

No fim da tarde dessa segunda-feira (7), a diretoria do Lar de Idosos São Vicente de Paulo emitiu uma nota pública confirmando que mais um morador do lar foi testado positivo para covid-19. Com isso, subiu para 11 o número de moradores que testaram positivo para a doença, desde o último sábado (5).

Do total de idosos positivados, 10 estão em isolamento na Casa de Formação de Pato Branco, e segundo informações da diretoria, passam bem. O morador Lírio Zucho, se encontra na UTI, está intubado e sedado para ventilação mecânica. “Está em fase de espera de transferência pela Central de Leitos. O Lar do Idoso São Vicente de Paulo torce por sua recuperação”, diz a nota emitida à imprensa.

De acordo com Simone Castro, tesoureira da entidade, todos os idosos instalados no Lar São Vicente de Paulo estão imunizados com as duas doses da vacina contra a covid-19, assim como os funcionários que trabalham no local.

“95% dos funcionários. Os funcionários que não estavam imunizados começaram nos últimos 30 dias, mas nenhum deles estava positivado”, completou Simone.

A tesoureira diz ainda que, por conta da situação, o Lar de Idosos recebeu equipamentos de proteção individual (EPI´s) da prefeitura para os funcionários que estão atendendo na casa de formação. Mas a entidade necessita de doação de EPI´s para as equipes que estão trabalhando no lar.

A instituição também precisa de doações em dinheiro, pois foi necessário ampliar as equipes de trabalho.

Quem desejar contribuir deve entrar em contato com o Lar de Idosos pelo telefone (46) 3224-4093. “O Lar já vinha passando por uma situação financeira bem fragilizada a algum tempo, e com essa questão nós vamos ter despesas que não estavam previstas. Se a pessoa puder, que faça doações em dinheiro. E se quiserem fazer outras doações, tudo é bem-vindo. A gente já quer agradecer a toda a comunidade, a toda a sociedade, pois nós já recebemos muitas ligações, de pessoas que doaram alimentos e aparelhos que precisávamos”, detalhou a tesoureira.